Quando chega perto de abrirem as inscrições de um novo Enem, começa o burburinho da isenção.

Mas você sabe o que é a isenção do Enem? Será que tem a ver com não precisar fazer a prova? Ou tem a ver com o pagamento da taxa de inscrição?

A gente desvenda tudo para você a seguir!

Entenda o que é a isenção do Enem, veja se você pode solicitar esse benefício e conheça algumas ótimas faculdades onde estudar com a nota do exame mais importante do Brasil!

Afinal, o que é essa isenção do Enem?

A tal “isenção do Enem”, que tanta gente está comentando, na verdade é a possibilidade de fazer o exame sem precisar pagar nada.

Ou seja, é a isenção da taxa de inscrição do Enem.

Entenda a seguir se você pode pedir a isenção para fazer as provas de graça!

Posso pedir a isenção do Enem?

A essa altura você já deduziu que o Enem exige o pagamento de uma taxa de inscrição – com valor que pode ser bem salgado para algumas pessoas.

Felizmente, o Ministério da Educação (MEC) permite que alguns participantes solicitem a isenção da taxa.

São três perfis que podem fazer esse pedido. Veja se você se enquadra em algum deles:

  • Ter estudado durante todo o ensino médio em escola da rede pública ou em escola particular como bolsista integral. Aqui, a renda familiar bruta mensal deve ser de até um salário mínimo e meio por pessoa.
  • Ser de uma família de baixa renda, com Número de Identificação Social (NIS) válido. Entra nesse perfil quem tem renda bruta mensal familiar de três salários mínimos, ou de meio salário mínimo por pessoa.
  • Estar matriculado na última série do ensino médio em escola da rede pública.

Como faço para pedir isenção do Enem?

Quem se enquadra num dos três perfis de participantes que podem solicitar a isenção da taxa de inscrição do Enem precisa ficar muito atento ao calendário do exame para não perder nenhuma data.

Normalmente o edital sai no mês de março. É ali que estão todas as informações sobre o Enem daquele ano, inclusive o período para fazer a solicitação de isenção.

Quando o MEC liberar os pedidos de isenção, vá até o site oficial do Enem, faça seu cadastro e preencha todas as informações corretamente.

Aqui vai um aviso para os espertinhos de plantão: todas as informações sobre renda familiar e formação escolar precisam estar corretas e o MEC pode solicitar documentos comprobatórios a qualquer momento. Caso encontre alguma diferença, inconsistência ou discrepância, o pedido de isenção é automaticamente anulado.

Quem pedir a solicitação de isenção vai poder ver o resultado em poucos dias.

Caso sua solicitação seja negada, você poderá recorrer uma vez. Haverá um prazo para isso, também definido no edital.

A inscrição no Enem é obrigatória para fazer as provas?

Sim.

Todo mundo que quiser fazer as provas do Enem, tendo ou não tendo conseguido a isenção, precisa se inscrever no período determinado pelo MEC – geralmente no mês de maio.

Na inscrição do Enem, além de preencher informações pessoais e de escolaridade, você vai informar se necessita de algum atendimento especializado, qual idioma prefere na prova de língua estrangeira (inglês ou espanhol) e em qual município quer fazer a prova.

Depois de confirmar a inscrição, quem não conseguiu a isenção precisa pagar a taxa para concluir o processo.

O local exato da prova, com endereço e número de sala, é divulgado em outubro, com o Cartão de Confirmação de Inscrição do Enem.

As provas costumam acontecer no comecinho de novembro.

Onde estudar com a nota do Enem

O bom de fazer o Enem é que com apenas um exame dá para concorrer em vários processos seletivos.

Tem o Sisu, para quem quer entrar em curso presencial de universidades públicas; o ProUni, para quem prefere tentar uma bolsa de estudos em cursos presenciais e EAD de faculdades particulares; O FIES, para quem quer financiar a mensalidade do curso presencial a juros baixos; e o ingresso direto, modalidade simplificada para entrar em faculdade particular sem precisar fazer mais nenhuma prova.

Você pode decidir participar de um ou mais desses processos, desde que cumpra os requisitos de inscrição. O mais importante é escolher uma faculdade reconhecida e bem avaliada pelo MEC, a garantia de que seu diploma será aceito em todo o território nacional e valorizado no mercado de trabalho.

Selecionamos algumas para você conhecer desde já:

Veja também:

Saiba o que fazer depois do Enem e veja qual faculdade fazer

Vai pedir a isenção da taxa do Enem este ano? Em qual curso pretende entrar? Conte para a gente aqui nos comentários!