O Enem é um verdadeiro “abre portas” para quem está pensando em fazer um curso superior e ampliar as chances de sucesso no mercado de trabalho.

Com uma boa nota nas provas, multiplicam-se as chances de ganhar benefícios importantes, como bolsas de estudos ou vaga em algumas das mais tradicionais instituições públicas brasileiras.

A cada ano as faculdades oferecem diferentes caminhos para quem sonha em fazer um curso superior – basta saber qual a melhor alternativa para você!

A seguir, entenda o que fazer com a nota do Enem 2020 e conheça algumas boas faculdades onde estudar.

O que fazer com a nota do Enem 2020

O Enem 2020 acontece em novembro, com provas em dois domingos seguidos.

O momento decisivo para os milhares de participantes do exame será em janeiro do ano seguinte, quando os resultados são divulgados, e começam os processos seletivos que dão acesso ao ensino superior.

São quatro programas no total, e todos eles levam em conta o desempenho obtido pelo candidato nas provas.

Quanto mais alta for a nota, mais chances ele tem de entrar no curso desejado – incluindo Medicina, Direito, Odontologia e outras tantas graduações bastante procuradas por aqui.

O segredo para se dar bem é conhecer a fundo cada uma dessas seleções e saber o que fazer com a nota do Enem 2020.

A gente dá uma ajuda a seguir!

Como entrar na universidade pública com a nota do Enem 2020

Se os seus planos incluem estudar numa universidade pública, então é bom ter uma nota de respeito no Enem.

O Sisu, processo seletivo que distribui vagas em universidades e institutos federais de educação por todo o país, tem um número de ofertas relativamente pequeno comparado ao tamanho da procura.

Isso faz com que a concorrência para a maioria dos cursos seja bastante alta, o que exige uma boa nota para passar.

A média necessária tem ficado na casa dos 680 pontos em cursos de média concorrência e mais de 750 naqueles mais procurados. Os mais tranquilos têm notas de corte que variam de 600 a 650 pontos.

Quem fizer o Enem 2020 vai poder participar de duas edições do Sisu em 2021, no primeiro e no segundo semestre. São distribuídas mais de 300 mil vagas no total.

Para entrar na competição basta ter feito o Enem mais recente e não ter zerado a redação.

Como ganhar bolsa de estudos com a nota do Enem 2020

Uma alternativa interessante ao Sisu é o ProUni, o programa de bolsas de estudos do governo federal.

Quem fizer o Enem em 2020 vai ter duas chances de ganhar o benefício em 2021.

São cerca de 300 mil bolsas todos os anos, sempre em faculdades privadas de qualidade reconhecida pelo MEC.

O processo seletivo também é feito por meio das notas das provas. A média necessária para passar está em 620 pontos.

A vantagem do ProUni é poder fazer uma faculdade privada sem pagar nada, ou pagando apenas metade do valor das mensalidades, do primeiro ao último dia de curso.

Só que, diferentemente do Sisu, o ProUni faz exigências maiores aos seus participantes.

Por exemplo, o candidato precisa ter renda familiar de até três salários mínimos e ter feito todo o ensino médio em escola da rede pública. A média obtida nas provas deve ser de pelo menos 450 pontos, sem ter zerado a redação.

Como entrar direto na faculdade privada com a nota do Enem 2020

Imagina que beleza conquistar uma vaga em faculdade privada sem ter que passar pelo perrengue de um vestibular!

Sim, essa possibilidade existe e é bastante popular por aqui.

Com a nota do seu Enem 2020 você vai poder escolher a dedo em qual instituição privada vai querer estudar. Para isso, basta aguardar a abertura das inscrições, escolher o modo de entrada com a nota do exame, informar a pontuação obtida e pronto.

Caso a pontuação informada corresponda ao mínimo estabelecido pelas faculdades, o candidato já garante automaticamente o direito à matrícula.

Geralmente dá para usar a nota de qualquer edição do Enem, desde que a nota da redação seja superior a zero.

Como financiar os estudos com a nota do Enem 2020

A sua nota do Enem 2020 também irá abrir portas para obtenção do crédito estudantil facilitado do governo federal, o FIES.

Com isso será possível fazer um curso superior em faculdade privada sem pagar as mensalidades enquanto estuda.

Os valores só começam a ser cobrados após a formatura, com juros baixos e um prazo bastante longo para pagamento.

Para obter essa facilidade, a nota do Enem é crucial – de preferência com 550 pontos ou mais!

O FIES exige três requisitos dos seus participantes:

  • Nota de 450 pontos na média das provas de qualquer Enem a partir de 2010.
  • Não ter zerado a redação.
  • Renda mensal bruta de até cinco salários mínimos por pessoa do grupo familiar.

São duas edições todos os anos, no primeiro e segundo semestre.

Faculdades onde você pode usar a nota do Enem 2020

Quem quer entrar numa universidade pública com a nota do Enem 2020 vai encontrar pouco mais de 120 opções de instituições por todo o país.

Já entre as particulares, o número é muito superior! Milhares delas trabalham com o ProUni, o FIES e o ingresso direto.

Escolher a ideal é simples: basta uma boa avaliação junto ao MEC para já garantir um diploma bem aceito no mercado de trabalho.

A gente separou algumas para você conhecer:

Veja também:

Saiba se tirar 600 na redação do Enem é uma boa nota

Qual desses processos seletivos mais chamou sua atenção? Conte para a gente nos comentários!