Descubra onde você pode usar a nota do Enem 2016

Enem — Escrito por

O Enem 2016 aconteceu nos dias 5 e 6 de novembro (sábado e domingo). O resultado saiu em janeiro de 2017 e quem cumpriu os demais requisitos de participação conseguiu usar a nota do exame para participar de processos seletivos como ProUni, Sisu, FIES e ingresso direto.

Alguns desses programas exigem a nota do Enem mais recente. Em outros, dá para participar com a nota de exames anteriores.

Veja a seguir o que você pode fazer com a nota do Enem 2016.

 

Onde posso usar a nota do Enem 2016?

A nota do Enem serve para classificar candidatos em diversos processos seletivos e programas do Governo Federal que facilitam o acesso ao ensino superior. Eles têm regras e requisitos diferentes, mas uma coisa é certa: quanto maior for sua pontuação, maiores as chances de ser aprovado.

Os participantes do Enem 2016 puderam se inscrever em processos seletivos como:

  • Entrar em uma universidade pública através do Sisu.
  • Ganhar uma bolsa de estudos pelo ProUni.
  • Financiar a faculdade particular através do FIES.
  • Conseguir ingresso direto em universidades privadas.

Veja a seguir como funciona cada um deles e descubra se você ainda pode usar a nota do Enem 2016 para participar.

 

Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

O Sisu é um programa do Governo Federal que classifica candidatos para ingressar em universidades públicas. Muitas instituições de ensino já não fazem mais o vestibular tradicional e disponibilizam todas as suas vagas pelo Sisu.

Este é o primeiro processo seletivo que acontece depois da divulgação dos resultados do Enem. Com a nota do Exame 2016 foi possível se inscrever nas duas edições do Sisu de 2017 (que devem acontecer nos meses de janeiro e junho).

O Sisu só aceita a nota do Enem mais recente. Quem quiser participar precisa ter feito a última edição do exame e não pode ter zerado na redação.

 

Programa Universidade para Todos (ProUni)

O ProUni distribui bolsas de estudo em faculdades particulares para os estudantes que mais precisam. Os interessados devem ter renda familiar bruta mensal de até 3 salários mínimos por pessoa.

Podem se inscrever no ProUni quem fez o Enem mais recente e atingiu a seguinte pontuação mínima:

  • 450 pontos na média geral das provas.
  • Nota superior a zero na redação.

Além disso, só pode participar do programa quem não tiver diploma de curso superior e que atenda a pelo menos um destes requisitos:

  • Ter feito o ensino médio em escola pública.
  • Ter feito o ensino médio em escola particular como bolsista integral.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor da rede pública de ensino, integrando o quadro permanente de funcionários e tentar uma bolsa para curso de Licenciatura.

Quem quiser usar a nota do Enem 2016 para participar do ProUni pode tentar vagas remanescentes. Às vezes o programa abre a oportunidade de usar edições mais antigas do exame nessa “repescagem”.

Fundo de Financiamento Estudantil (FIES)

Quem não tem condições de arcar com todas as despesas de uma faculdade particular pode tentar um financiamento estudantil através do FIES.

No caso do FIES, é possível se inscrever com a nota obtida em qualquer edição do Enem a partir de 2010. No entanto, o candidato precisa ter atingido no mínimo 450 pontos na média das provas e não ter zerado na redação.

Isto significa que você pode usar a sua nota do Enem 2016 para tentar o financiamento.

É preciso se enquadrar nos requisitos de renda familiar.

 

Ingresso direto em faculdades particulares

Muitas universidades privadas aceitam novos estudantes sem precisar fazer vestibular. Basta mostrar o desempenho obtido no Enem e fazer a matrícula no curso desejado.

As vantagens de tirar uma boa nota no Enem não param por aí. Algumas faculdades oferecem descontos especiais para quem fez o Exame e, em outras, é possível até conseguir parcelamentos facilitados.

Veja algumas universidades credenciadas pelo MEC que aceitam a nota do Enem 2016:

Todas elas trabalham com bolsas de estudos, financiamento facilitado, convênios e descontos nas mensalidades.

Veja também:

Conheça todas as datas do Enem 2016

 

Já sabe o que vai fazer com a nota do Enem 2016? Conte para a gente aqui nos comentários!

Comente