Os candidatos que tiverem o pedido de isenção do Enem 2020 aceito poderão participar da prova sem pagar a taxa de inscrição.

Para aproveitar o benefício, é preciso saber se você enquadra nos requisitos e fazer o pedido corretamente, dentro do prazo estipulado.

Veja quem tem direito à isenção da taxa de inscrição do Enem 2020 e como solicitar passo a passo!

Pedido de isenção do Enem 2020

Antes de explicar como pedir a isenção da taxa de inscrição do Enem 2020, precisamos especificar quem tem direito ao benefício.

Quem pode pedir isenção no Enem 2020?

No Enem 2020, terão direito à isenção da taxa de inscrição:

  • Estudantes de escolas públicas que estejam cursando a última série do ensino médio em 2020.
  • Candidatos com renda de até um salário mínimo e meio, que tenham cursado o ensino médio em escola pública ou como bolsistas integrais em escola particular.
  • Candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo

Federal (Cadastro Único) que se declarem em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Como fazer o pedido de isenção do Enem 2020

Os pedidos de isenção do Enem 2020 devem ser feitos pela internet, na página oficial do Enem, entre os dias 6 e 17 de abril. O candidato deverá informar o número do CPF e um e-mail válido.

Em seguida, confirmar o enquadramento em alguma das situações que garantem a isenção.

Depois, é preciso conferir se os dados pessoais estão corretos, informar o endereço, prestar informações relacionadas ao ensino médio e preencher um questionário socioeconômico.

Por último, o candidato deve colocar os dados de contato atuais, cadastrar uma senha (que será usada para acompanhar o pedido de isenção e a inscrição no Enem), confirmar se todas as informações estão corretas e enviar a solicitação.

O resultado dos pedidos de isenção também deve ser consultado na página oficial do Enem, no dia 24 de abril.

Quem conseguir a isenção precisa fazer a inscrição?

Precisa sim. A obtenção da isenção não garante a inscrição automática no Enem 2020. Portanto, mesmo quem tiver o pedido de isenção aprovado deverá concluir a inscrição dentro do prazo estipulado no cronograma.

Já quem tiver o pedido de isenção negado vai ter de pagar a taxa de inscrição, dentro do prazo, para poder participar do Enem 2020.

As inscrições do Enem 2020 vão de 11 a 22 de maio.

Justificativa de ausência no Enem 2019

Quem conseguiu a isenção no Enem 2019, mas não compareceu nos dois dias de provas, terá que justificar a ausência para pedir isenção no Enem 2020. O prazo para fazer isso vai de 6 a 17 de abril.

Cronograma do Enem 2020

Confira o cronograma geral do Enem 2020:

  • Publicação do edital: 31 de março de 2020.
  • Solicitação de isenção da taxa de inscrição: 6 a 17 de abril de 2020.
  • Justificativa de ausência no Enem 2019: 6 a 17 de abril de 2020.
  • Período de inscrições: 11 a 22 de maio de 2020.
  • Solicitação de atendimento especial ou específico: 11 a 22 de maio de 2020.
  • Divulgação dos locais de prova: outubro de 2020.
  • Aplicação das provas digitais: 11 e 18 de outubro de 2020.
  • Aplicação das provas impressas: 1 e 8 de novembro de 2020.
  • Divulgação dos resultados individuais: janeiro de 2021.
  • Resultado dos treineiros: março de 2021.
  • Divulgação dos espelhos da redação: março de 2021.

Como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

Você pode usar sua nota do Enem para participar do Sisu, ProUni, FIES ou entrar direto em uma faculdade particular. Saiba mais sobre cada opção a seguir:

Sisu 2021

O Sisu é um sistema eletrônico mantido pelo MEC, por meio do qual universidades públicas brasileiras oferecem vagas em seus cursos presenciais de graduação e selecionam os candidatos pela nota do Enem.

Quem não zerar a redação do Enem 2020 poderá participar do Sisu em 2021. Porém, a nota mínima do Enem para conseguir uma vaga (nota de corte) pode ultrapassar 800 pontos em cursos mais disputados.

As inscrições para o Sisu são gratuitas e devem ser feitas exclusivamente pela internet, na página do Sisu.

ProUni 2021

O ProUni é um programa do governo federal que disponibiliza bolsas de estudos integrais e parciais em cursos privados presenciais e EAD a candidatos sem diploma de nível superior.

Para participar do ProUni 2021, é preciso obter nota média igual ou superior a 450 pontos no Enem 2020, sem zerar a redação. Esses são os pré-requisitos de inscrição, mas também há notas de corte do Enem para cada curso, como no Sisu.

Além disso, para ter direito às bolsas do ProUni é preciso atender a certos requisitos socioeconômicos, como ter feito o ensino médio completo em escola pública ou como bolsista integral em escola privada.

As inscrições para o ProUni são gratuitas e costumam abrir após o Sisu, devendo ser feitas pelo site do programa.

FIES

O FIES é um programa do governo federal que permite financiar cursos superiores presenciais em faculdades privadas, a juros baixos, e começar a quitar a dívida somente após a conclusão do curso.

Para participar do FIES, é preciso ter feito alguma edição do Enem a partir de 2010 (incluindo 2020), com média das provas a partir de 450 pontos e nota acima de zero na redação.

Os candidatos são selecionados pela nota do Enem e as notas de corte variam conforme o curso e universidade. As inscrições para o FIES são gratuitas e devem ser feitas pela página do FIES na internet.

Entrar direto em faculdades particulares

A nota do Enem pode ser usada para entrar direto, ou seja, sem fazer vestibular, em cursos presenciais e EAD de faculdades particulares em todo o Brasil, na modalidade de seleção conhecida como ingresso direto.

Geralmente são aceitas notas do Enem a partir da edição de 2010 e a nota de corte costuma ficar em torno de 300 pontos, na maioria dos cursos e instituições.

Para aproveitar esse benefício, basta procurar uma faculdade que aceite a nota do Enem para ingresso direto e apresentar o boletim de desempenho do Enem (que pode ser obtido pela internet, no site do Enem).

Muitas faculdades oferecem bolsas de estudos e descontos especiais nas mensalidades aos novos alunos que entram direto com a nota do Enem.

Onde estudar

Conheça agora sete faculdades autorizadas e bem avaliadas pelo MEC onde você pode usar a nota do Enem para entrar direto e ganhar uma bolsa de estudos ou desconto especial:

Veja também:

Saiba o que estudar para o Enem para ir preparado pra prova

Fique por dentro das notas de corte do Enem 2020

Depois de ver como o pedido de isenção do Enem 2020 deve ser feito, participe com sua opinião nos comentários abaixo: você vai usar a nota do Enem para entrar na faculdade? Qual curso?