Saiba qual será o período de inscrição do Enem 2020, quando pedir isenção da taxa e como usar sua nota para entrar na faculdade.

Você já está estudando e se preparando para o Enem 2020? Então, preste atenção às etapas mais importantes do cronograma do exame, como o período de inscrições.

As datas exatas serão definidas pelo edital do Enem 2020, previsto para ser publicado em março. Mas é possível estimar as datas e os prazos com base no calendário das últimas edições. Confira abaixo!

Qual é o período de inscrição do Enem 2020?

Aqui está a data provável da etapa de inscrição do Enem neste ano:

  • Período de inscrição do Enem 2020: mês de maio, provavelmente ao longo da primeira quinzena.

Para conhecer as datas exatas, aguarde a publicação do edital de 2020 e verifique o calendário no site oficial do Enem, dentro do portal do Inep (instituto responsável pela avaliação), a partir do mês de março.

Atenção: as inscrições do Enem são abertas sempre após os últimos resultados (recursos) dos pedidos de isenção da taxa de inscrição. Para saber mais sobre essa solicitação, aliás, é só continuar lendo este artigo!

Como fazer a inscrição do Enem 2020?

As inscrições para o Enem são feitas pela internet, no site oficial do exame. Siga os passos para efetuar sua inscrição:

  1. No período informado pelo edital, acesse o site do Enem e clique na opção para efetuar inscrição.
  1. Informe seu CPF e sua data de nascimento e, em seguida, insira os outros dados pessoais que forem solicitados.
  1. Crie uma senha e não se esqueça de guardá-la bem: ela será usada nos seus próximos acessos ao sistema.
  1. Forneça os dados do seu ensino médio e preencha o questionário socioeconômico.
  1. Confirme o cadastro e finalize sua inscrição.
  1. Quem não pediu ou não obteve isenção precisará pagar o boleto gerado pelo sistema até a data de vencimento.

Qual será a taxa de inscrição do Enem em 2020?

A taxa do Enem 2020 deve ficar entre R$ 85 e R$ 90. Chegamos a esse valor por estimativa: a taxa sobe um pouco (dois ou três reais) todos os anos e, em 2019, ela foi de R$ 85.

A boa notícia é que a maioria dos participantes consegue isenção dessa taxa e faz as provas do Enem sem pagar nada.

Isenção da taxa: quem pode fazer o Enem de graça?

Os últimos editais do Enem permitem a isenção da taxa nestas situações:

  • O caso mais simples de todos: quando o participante está cursando o último ano do ensino médio no mesmo ano de realização do Enem (2020, portanto) em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica.
  • Se o participante tiver cursado todo o ensino médio na rede pública ou com bolsa integral (100%) em escola privada e, além disso, comprovar renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo por pessoa.
  • Caso o estudante declare situação de vulnerabilidade econômica e esteja inscrito no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal).
  • Caso o interessado tenha participado do Encceja e conseguido a certificação do ensino médio.

Quando pedir a isenção da taxa do Enem?

Os interessados em solicitar a isenção da taxa de inscrição do Enem geralmente têm um período de 10 dias para fazer esse pedido, no começo do mês de abril, um mês antes de começar a etapa de inscrições.

Como solicitar a isenção?

O pedido de isenção também é feito pela internet, no site do Enem. No período definido para isso, é necessário acessar o sistema, cadastrar dados pessoais e de contato e, se necessário, anexar documentos e comprovantes.

Um detalhe importante: quem conseguiu a isenção da taxa em 2019 e não compareceu aos dois dias de prova precisará justificar a ausência ao pedir novamente o benefício em 2020.

Quem tiver o pedido de isenção negado ainda terá alguns dias, no fim do mês de abril, para solicitar recurso por meio do próprio sistema do Enem.

Quem pede isenção já está inscrito no Enem?

Não! O pedido de isenção da taxa não é válido como inscrição no Enem. Todos os interessados precisam efetuar inscrição no período estabelecido pelo edital.

Cronograma do Enem 2020: datas mais importantes

Para ajudar você a se organizar, reunimos abaixo as etapas mais importantes do Enem 2020. Anote aí:

  • Publicação do edital: março (provável)
  • Solicitações de isenção da taxa: abril (provável)
  • Período de inscrição: começo de maio (provável)
  • Divulgação dos cartões de confirmação e dos locais de prova: início de outubro (provável)
  • Provas do Enem digital, em fase de testes e só para quem tiver optado por esse modelo ao se inscrever: 11 e 18 de outubro (datas já definidas)
  • Provas do Enem impresso: 1º e 8 de novembro (datas já definidas)
  • Publicação das notas individuais: janeiro de 2021 (provável)

Onde estudar com sua nota do Enem

Ao longo dos anos, o Enem se tornou o maior vestibular do país. Isso porque ele abre portas em inúmeras instituições públicas e particulares de ensino superior.

A nota do Enem é usada, por exemplo, para classificar os estudantes e distribuir vagas em universidades federais por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

Na rede particular, o resultado pode render bolsas de estudo ou financiamento por meio de programas do governo – como o ProUni e o FIES – ou de iniciativas mantidas pelas próprias instituições.

Aliás, a maneira menos burocrática de usar sua nota é justamente como ingresso direto (sem vestibular) em faculdades particulares, com descontos nas mensalidades proporcionais ao seu desempenho no Enem. É uma forma de incentivar quem se dedicou aos estudos e conseguiu um bom resultado!

Gostou da ideia? Aqui está uma lista de ótimas universidades privadas reconhecidas pelo MEC que aceitam o Enem para ingresso direto e trabalham com bolsas e descontos:

Clique nos links acima, navegue pelos sites das universidades e fique por dentro de cursos, modalidades de ensino e condições especiais para quem fez o Enem.

Leia mais:

Entenda como funciona a isenção do Enem 2020

Como conseguir uma bolsa de estudos na faculdade

Queremos ouvir você! Como pretende usar sua nota do Enem? Conte para a gente nos comentários!