O Programa Universidade para Todos (ProUni) é uma iniciativa do Governo Federal que facilita o acesso da população de baixa renda ao ensino superior privado por meio de bolsas de estudo integrais e parciais.

Para concorrer ao benefício, o candidato deve ter obtido um bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) mais recente: pelo menos 450 na média das provas e nota acima de zero na redação. Além disso, precisa cumprir o requisito de renda familiar e ter feito todo o ensino médio em escola pública ou em escola particular como bolsista integral.

O ProUni recebe inscrições de milhões de candidatos em busca de realizar o sonho de fazer uma faculdade. Dependendo do curso e da instituição, a concorrência pode ser altíssima. Muita gente, portanto, pode ficar de fora.

São duas edições do ProUni por ano: para ingresso no primeiro e no segundo semestre. Mas será que quem não passa em uma pode se inscrever na outra? Posso participar duas ou mais vezes? Existe limite de tentativas para o ProUni?

Entenda a seguir se é possível participar do ProUni duas vezes ou mais!

Posso participar do processo seletivo para o ProUni mais de uma vez?

Sim! Desde que os requisitos do programa sejam cumpridos, você pode se inscrever no ProUni quantas vezes quiser, até passar. Não existe limite de tentativas, tampouco de idade.

Já tenho diploma de nível superior. Posso tentar o ProUni para fazer uma segunda graduação?

Não. O ProUni foi criado para ajudar quem ainda não teve oportunidade de cursar uma graduação. Quem já tem diploma de nível superior não pode se candidatar a uma bolsa pelo programa.

Já estou matriculado em uma faculdade particular. Posso tentar o ProUni para conseguir uma bolsa?

Sim. Desde que preencha os requisitos, você pode se inscrever no ProUni mesmo estando matriculado em uma instituição de ensino superior.

Estudo em uma universidade pública. Posso participar do ProUni?

Pode. No entanto, caso seja selecionado para a bolsa, terá que escolher entre usar o benefício ou continuar na universidade pública. É que o MEC não permite cursar uma universidade gratuita e ser bolsista do ProUni ao mesmo tempo – é um ou outro.

Já usei uma bolsa do ProUni, mas larguei a faculdade sem terminar. Posso participar do processo seletivo novamente?

Nas regras do ProUni não há nada que impeça a participação de quem já foi beneficiado pelo Programa. No entanto, é importante verificar se a sua situação foi regularizada (e a bolsa foi devidamente cancelada). Lembre-se de que só pode se inscrever no ProUni quem ainda não tem diploma de nível superior. Portanto, se você já se formou como bolsista do ProUni, não vai poder concorrer novamente para fazer uma segunda graduação.

Posso acumular bolsas parciais no ProUni?

Não. O ProUni concede apenas uma bolsa por candidato. Se o benefício obtido for de 50% e o aluno estiver impossibilitado de pagar o resto do valor, é recomendável buscar outra solução, como um parcelamento oferecido pela própria faculdade (se disponível), ou até mesmo o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), que é outra iniciativa do Governo Federal. As regras de utilização do ProUni e do FIES podem sofrer modificações a cada semestre. Informe-se sobre suas possibilidades junto ao coordenador do ProUni da faculdade para qual você conseguiu a bolsa.

Faculdades que aceitam o ProUni

Somente faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC podem oferecer bolsas pelo ProUni. Conheça algumas que costumam participar do Programa:

Veja também:

Como fazer transferência de curso pelo ProUni

Pretende tentar o processo seletivo do ProUni novamente? Conte para a gente nos comentários!