Descubra quais são as datas mais importantes do ProUni 2020

Prouni — Escrito por

O Programa Universidade para Todos (ProUni) foi criado em 2004 pelo governo federal. A iniciativa concede bolsas de estudos parciais (50%) e integrais para alunos de baixa renda em instituições particulares de ensino superior.

Se você pretende começar uma faculdade em 2020 e planeja concorrer a uma bolsa do ProUni, é necessário prestar atenção às datas mais importantes do processo seletivo e se organizar para não perder nenhuma das etapas.

As inscrições são abertas duas vezes por ano, no início do primeiro e do segundo semestres. E, mesmo que você não seja convocado na primeira chamada, há outras chances de ainda conseguir uma bolsa pelo programa.

Para não perder nenhuma data importante, fique de olho nas novidades e atualizações no site oficial do ProUni, dentro do portal do Ministério da Educação (MEC).

Abaixo, explicamos com detalhes o cronograma do ProUni, as prováveis datas do programa em 2020 e ainda mostramos algumas boas faculdades privadas em que é possível estudar com bolsa. Acompanhe!

ProUni: etapas e datas importantes do calendário

Para começar, saiba que o cronograma do ProUni têm as mesmas etapas no começo e no meio do ano. São estas:

  1. Publicação do edital pelo MEC.
  2. Período de inscrições, que devem ser feitas no site do ProUni.
  3. Publicação do resultado da primeira chamada, seguida pelo período de matrículas e apresentação de documentos.
  4. Publicação do resultado da segunda chamada, seguida por mais um período de matrículas e apresentação de documentos.
  5. Inscrições para participar da lista de espera.
  6. Divulgação dos aprovados em lista de espera, seguida por outra fase de matrículas e apresentação de documentos.
  7. Abertura de inscrições para bolsas remanescentes – ou seja, aquelas que ficaram ociosas mesmo após todo o processo regular.

Cronograma do ProUni em 2020

Só será possível conhecer as datas exatas de cada etapa do ProUni quando o edital for publicado pelo MEC. Contudo, tomando por base os processos seletivos dos últimos anos, podemos estimar as datas do ProUni 2020. Veja a seguir:

ProUni 2020: datas prováveis no primeiro semestre

  • Publicação do edital do ProUni pelo MEC: primeira quinzena de janeiro.
  • Período de inscrições: entre o fim de janeiro e o começo de fevereiro, após a publicação dos resultados individuais do Enem.
  • Resultado da primeira chamada: ainda na primeira semana de fevereiro.
  • Matrículas dos aprovados em primeira chamada: primeira quinzena de fevereiro.
  • Resultado da segunda chamada: segunda quinzena de fevereiro.
  • Matrículas dos aprovados em segunda chamada: segunda quinzena de fevereiro.
  • Inscrições em lista de espera: começo de março.
  • Matrícula dos aprovados em lista de espera: primeira quinzena de março.
  • Inscrições para bolsas remanescentes: fim de março.

ProUni 2020: datas prováveis no segundo semestre

  • Publicação do edital do ProUni pelo MEC: segunda quinzena de maio.
  • Período de inscrições: início de junho.
  • Resultado da primeira chamada: segunda quinzena de junho.
  • Matrículas dos aprovados em primeira chamada: segunda quinzena de junho.
  • Resultado da segunda chamada: começo de julho.
  • Matrículas dos aprovados em segunda chamada: primeira ou segunda semana de julho.
  • Inscrições em lista de espera: meados de julho (por volta do dia 15).
  • Matrícula dos aprovados em lista de espera: por volta de 20 de julho.
  • Inscrições para bolsas remanescentes: meados de agosto.

Critérios para participar do ProUni

Não são todos os estudantes brasileiros que podem disputar uma bolsa de estudos pelo ProUni. O programa tem algumas exigências de desempenho no Enem, além de critérios de renda e escolaridade. 

Para efetuar inscrição, o candidato deve ter obtido 450 pontos ou mais no Enem, com nota acima de zero na Redação.

O processo regular de seleção (da abertura de inscrições até a matrícula dos aprovados em lista de espera) exige que o candidato tenha feito a edição mais recente do Enem.

Já para se inscrever em vagas remanescentes (última etapa), é possível apresentar a nota de qualquer edição do exame a partir de 2010.

Já os critérios socioeconômicos são os seguintes:

  • Comprovar renda familiar de até 1,5 salários mínimos por pessoa (para concorrer às bolsas integrais) ou de até 3,5 salários mínimos por pessoa (para concorrer às bolsas de 50%).
  • Ter cursado o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede particular.

Onde estudar com ProUni e outras bolsas

Somente instituições de ensino credenciadas e bem avaliadas pelo MEC podem ofertar bolsas de estudos por meio do ProUni. 

Abaixo, listamos algumas das instituições que cumprem esses requisitos, trabalham com os programas do governo e oferecem bolsas e descontos em sistemas próprios de incentivo ao estudante universitário. Confira e clique sobre a faculdade de seu interesse para saber mais:

Não deixe de navegar pelos sites e entrar em contato com as universidades para se informar sobre cursos, modalidades de ensino, processos seletivos, bolsas e descontos.

Leia também:

Fui aprovado no ProUni, e agora? Descubra os próximos passos

Quanto preciso tirar no Enem 2019 para passar no ProUni?

Como você pretende usar sua nota do Enem? Vai se inscrever no ProUni em 2020? Conte para a gente nos comentários!

Comente