Veja como se inscrever em 2020 para ser um dos primeiros a fazer as provas totalmente digitais do Enem!

Este ano tem novidade na área: muita gente vai poder fazer o Enem pelo computador!

Sim, de acordo com o Ministério da Educação (MEC), a era do Enem no papel está chegando ao fim.

2020 marca o primeiro ano dessa iniciativa. A expectativa é que no prazo de seis anos o Enem seja totalmente digital!

Já pensou em como vai ser?

A seguir saiba como você pode fazer a prova digital do Enem 2020!

A prova digital do Enem 2020

Pela primeira vez o Enem será feito por computador.

Neste primeiro ano, no entanto, as provas serão direcionadas a um “pequeno” grupo de candidatos: apenas 50 mil – o que corresponde a apenas 1% dos mais de cinco milhões de pessoas que se inscrevem no Enem normalmente.

Além disso, o formato será adotado em apenas algumas capitais brasileiras.

A expectativa do MEC é que o formato vá se ampliando ano após ano, até que o Enem seja totalmente digital em 2026.

Veja a seguir como será o formato da prova digital do Enem 2020!

Como fazer a prova digital do Enem 2020

As provas digitais do Enem não serão diferentes das tradicionais, exceto pelo meio de aplicação.

Os exames continuam com quatro provas objetivas de 45 questões cada mais a redação.

Para fazer a prova digital é preciso se adiantar, já que a opção estará disponível durante as inscrições do Enem 2020, em maio.

Quem chegar mais cedo garante uma das poucas vagas disponíveis.

Para fazer o Enem digital é preciso residir ou estar em uma das cidades que vão oferecer essa possibilidade (veja lista mais adiante).

As provas serão aplicadas em escolas que tenham laboratório de informática e acesso à internet banda larga.

A exemplo do Enem tradicional, haverá quatro provas diferentes, separadas por cor, como já acontece hoje.

Quando acontece a prova digital do Enem 2020

As provas do Enem digital em 2020 acontecem um pouco antes das tradicionais.

No domingo, 11 de outubro, teremos:

  • Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias
  • Ciências Humanas e Suas Tecnologias
  • Redação

A duração total será de cinco horas e meia para fazer tudo.

No dia 18 de outubro é a vez de:

  • Matemática e Suas Tecnologias
  • Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

Os candidatos terão cinco horas para fazer tudo!

Quem optar pelo formato tradicional fará as provas nos dias 1º e 8 de novembro de 2020.

O MEC promete que os candidatos que fizerem o Enem digital vão receber, imediatamente após a entrega das provas, a relação de questões que erraram e acertaram. Já pensou?

Fora isso, a expectativa para o futuro é que tenhamos várias edições do Enem digital por ano – o MEC estima que serão pelo menos quatro!

Onde acontece a prova digital do Enem 2020

Neste primeiro ano de Enem digital a prova será aplicada em apenas 14 cidades, espalhadas pelas regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste.

Veja se a sua está na lista:

  • Belém
  • Belo Horizonte
  • Brasília
  • Campo Grande
  • Cuiabá
  • Curitiba
  • Florianópolis
  • Goiânia
  • João Pessoa
  • Manaus
  • Recife
  • Rio de Janeiro
  • São Paulo

O número deve ir se expandindo até chegar ao máximo de localidades possíveis em 2026.

Quando saem os resultados do Enem digital 2020

Os candidatos que optarem pelo Enem digital vão receber a conferência do gabarito mais cedo, mas os resultados gerais só devem sair mais adiante.

Na verdade, vão ser divulgados juntos com os do Enem tradicional, o que deve acontecer a partir da segunda quinzena de janeiro de 2021.

O acesso ao desempenho individual será a mesma forma: pelo site oficial do Enem.

Depois disso, é hora de correr por uma vaga naquela faculdade em que você está de olho.

Veja a seguir o que dá para fazer com sua nota no Enem digital 2020.

Como entrar na faculdade com o Enem digital 2020

Se você apresentar um bom desempenho no Enem digital ou tradicional, vai ter meio caminho andado para o ensino superior.

Uma boa pontuação garante ingresso em alguma das centenas de universidades públicas participantes do Sisu. É possível entrar até em Medicina!

Alternativamente, dá para encarar a disputa por uma bolsa de estudos parcial ou integral em faculdade privada de primeira linha, para fazer aquele curso que você tanto quer, com ajuda do ProUni.

Quem quer entrar em faculdade privada sem vestibular pode usar a nota do Enem durante o processo seletivo da instituição desejada e já assegurar vaga em cursos presenciais e a distância quase automaticamente.

Por fim, quem tiver uma boa nota no Enem (em qualquer um a partir de 2010) ainda pode buscar um financiamento estudantil facilitado do FIES, com juros baixos e um belo prazo para pagamento da dívida.

Todos os programas acontecem duas vezes ao ano, no primeiro e no segundo semestre, e, juntos, podem ser encontrados em milhares de faculdades pelo país.

Para garantir ingresso em uma boa faculdade, o candidato só precisa se certificar de que a instituição escolhida tem boa avaliação junto ao MEC e se é valorizada no mercado de trabalho.

A seguir, a gente tem algumas sugestões interessantes para você incluir nas suas pesquisas a partir de agora.

Confira:

Veja também:

Descubra como cancelar a inscrição do Enem

O que achou do Enem digital? Vai tentar fazer esse formato em 2020? Conte para a gente nos comentários!