Por: Elite Campinas

1. Em primeiro lugar, comece com parágrafo e letra maiúscula, termine com ponto. Nunca escreva a resposta fora do campo destinado a ela. Se uma palavra não cabe na linha, use a separação de sílabas que você aprendeu com a professora de língua portuguesa. Além disso, nunca responda à questão 2 no espaço destinado à questão 1, e assim sucessivamente.

2. Não invente nem procure ser “original”. Na maioria das vezes você estará errado. Os corretores esperam uma resposta baseada em estudo do conteúdo do ensino médio, portanto, não se atreva a dar “opiniões” pessoais.

3. Seja direto e responda apenas o que for perguntado. “Encher lingüiça”, não é uma boa técnica. Preste atenção: a resposta não é para informar o examinador que você estudou. Ele espera apenas uma resposta precisa e objetiva sobre a questão.

4. Em todas as matérias é preciso pensar. Mesmo em humanas use raciocínio, analise os fatos.

5. Evite utilizar conceitos que você não tem lá muita certeza do que significam. Não tente enrolar o examinador. Isso não cola! Lembre-se que ele conhece muito bem sobre o assunto da questão.

6. Não escreva de modo displicente, usando abreviações. Escreva com a máxima clareza. Depois de redigir a resposta, releia para ver se faz sentido. As regras que você aprende nas aulas de redação valem também nas respostas às questões escritas em todas as matérias.

7. Cuidado com a ortografia, preste atenção na gramática, pois não é por ser outra matéria que os examinadores não vão ligar para a correção gramatical do que você escreve. Uma resposta mal escrita cria má impressão, podendo fazer com que o examinador corrija sua prova com má vontade. Esta é uma regra de ouro: conquiste o examinador fazendo uma prova com capricho sob todos os aspectos.

8. As questões de vestibular não exigem longas redações. Portanto, procure encontrar a resposta mais breve, clara e objetiva possível.

9. Isto não quer dizer que você pode dar respostas lacônicas do tipo sim ou não. A resposta tem que ser sempre, pelo menos, uma frase completa.

10. Finalmente, você deve simular, ou seja, praticar muito, muito, muito. E ficar atento, para corrigir os erros a cada vez que simula.