Saiba tudo sobre a prova do Encceja e veja onde estudar

Enem — Escrito por

O Encceja é a oportunidade de concluir o ensino fundamental e médio. Você sabe como funciona? Saiba tudo neste post!

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) é uma avaliação de nível nacional que certifica aqueles que não conseguiram concluir seus estudos na idade adequada.

O exame tem caráter voluntário e é voltado a jovens e adultos no Brasil e exterior. Está também disponível a adultos privados de sua liberdade (detentos). Qualquer pessoa interessada pode fazer a prova e avançar seu nível de escolaridade.

Se você não sabe exatamente como funciona ou quer informações sobre a prova do Encceja, preparamos um guia para tirar todas as suas dúvidas.

Quem pode fazer e como é a prova do Encceja: perguntas mais frequentes

1. Quem pode participar do Encceja?

Os critérios para pleitear a certificação são:

  • Ter no mínimo 15 anos para a prova do ensino fundamental (completos até o dia da realização do exame).
  • Ter no mínimo 18 anos para a prova do ensino médio (completos até o dia da avaliação).

Atenção: a regra não se aplica a participantes emancipados. Seus direitos para atos da vida civil não se aplicam à prestação de exames supletivos, de acordo com o Anexo V do Artigo 6º da Resolução CNE/CEB 03, de 15/06/2010.

2. Quando acontece a prova do Encceja?

A divulgação das datas de inscrição e da prova do Encceja acontecem por meio do lançamento do edital, feito pelo Inep.

No entanto, não há um calendário regular para lançamento de edital, e, consequentemente, para inscrições, realização da prova e divulgação de resultados.

Tão logo seja lançado o edital para o próximo ano (2019) traremos essa informação a você.

3. Como saber se haverá Encceja na minha cidade?

O edital contém um anexo com todas as cidades onde será aplicado o exame.

4. Como fazer a inscrição para o Encceja?

O candidato deve acessar a página do exame no período de inscrição, informar seus dados e em qual secretaria estadual de educação ou instituto federal de educação, ciência e tecnologia vai solicitar seu certificado.

É importante não confundir esse local com o da prova. Esse é onde você vai buscar seu certificado. O local de aplicação do exame é informado semanas antes da aplicação do Encceja.

Ao fazer a inscrição, o candidato deve imprimir o comprovante que contém seus dados cadastrais e o número da inscrição.

Na página do Encceja Nacional é disponibilizado um tutorial de inscrição com o passo a passo, caso seja necessária ajuda para acesso e preenchimento.

5. Como é a prova do Encceja?

A prova é composta por 30 questões em cada eixo mais a proposta de redação. É dividida desta forma:

  • Ensino fundamental:
    • Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física e redação
    • Matemática
    • História e Geografia
    • Ciências Naturais
  • Ensino médio:
    • Linguagem, códigos e suas tecnologias + redação
    • Matemática e suas tecnologias
    • Ciências Humanas e suas tecnologias
    • Ciências da Natureza e suas tecnologias

6. Como se preparar para o Encceja?

No portal do Inep há apostilas gratuitas para estudantes e professores e também as provas do ano anterior, que servem para nortear os estudos.

Há bastante material na internet, em sites e blogs voltados à educação e cursos preparatórios.

7. Que nota é preciso tirar para conseguir a certificação de conclusão?

Para conseguir se certificar, é preciso que o participante consiga, pelo menos, 100 pontos em cada área do conhecimento e nota igual ou maior que 5 na redação (vai de 0 a 10).

O nível 100 (pontos) indica que o participante alcançou as habilidades mínimas necessárias para a certificação. Caso tire menos que isso, não será aprovado no eixo temático.

Há dois tipos de certificados emitidos:

  • O certificado de conclusão do ensino médio ou fundamental, para quem conseguiu a nota mínima exigida na redação e nas quatro provas.
  • A Declaração Parcial de Proficiência, para quem não conseguiu a nota mínima em todas as provas, mas sim em algumas delas.

8. Quando são divulgados os resultados do Encceja?

A data de divulgação dos resultados é sempre informada alguns dias após a prova pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela elaboração, aplicação e correção das provas.

Conforme explicado na questão 2, como não existe um calendário regular para o Encceja, não temos como informar datas precisas.

9. O que fazer caso não consiga a nota exigida para certificar?

Quem fez a prova do Encceja em anos anteriores e não conseguiu a pontuação mínima exigida em um ou mais dos eixos temáticos, pode inscrever-se novamente e tentar a aprovação somente nas áreas necessárias. Os resultados dos anos anteriores são aproveitados.

Para isso, é preciso ter consigo a Declaração Parcial de Proficiência e apresentá-la à unidade certificadora para a comprovação de eliminação de uma ou mais disciplinas.

10. Onde pego meu certificado de conclusão?

O certificado é emitido pelas secretarias de educação e pelos institutos federais de educação. Ao fazer a sua inscrição, você já indica onde ele será emitido. Lembre-se de optar pelo local que fica mais próximo para você.

O tempo estimado de espera pelo certificado é de 1 hora (no local).

11. O que fazer depois do Encceja?

Elevar o seu nível de instrução abre muitas possibilidades no campo profissional, além da satisfação pessoal.

Quem se certificou no ensino fundamental pode se preparar para o próximo passo: o ensino médio — pode, inclusive, fazer cursos técnicos profissionalizantes. Além disso, está apto a conseguir melhores colocações no mercado de trabalho.

Já quem se certificou no ensino médio pode dar um grande passo e fazer um curso de graduação para tornar-se professor, bacharel ou tecnólogo.

Onde estudar depois do Encceja

Após fazer a prova do Encceja e conseguir o diploma de conclusão do ensino médio, você estará preparado para escolher sua faculdade.

Temos algumas sugestões de instituições de ensino superior que têm uma diversidade de cursos de graduação, todos autorizados e reconhecidos pelo MEC:

Todas essas universidades oferecem cursos presenciais, semipresenciais e a distância, com as seguintes titularidades:

  • Bacharelado: cursos que têm duração de 4 a 6 anos, dão o título de bacharel e focam na parte teórica e conceitual das disciplinas.
  • Licenciatura: com duração de 4 anos, formam professores nas disciplinas escolhidas.
  • Tecnológico: cursos de graduação mais curtos (de 2 e 3 anos), que formam tecnólogos. Este tipo de graduação tem foco científico e técnico, preparando o profissional para a prática da profissão.

Leia também:

Saiba o que fazer com o resultados do Encceja

Confira as 10 melhores faculdades com ensino a distância

Este artigo foi útil para você? Ficou alguma dúvida ou você já escolheu seu curso e universidade? Conte pra gente nos comentários!

Comente