As Línguas Estrangeiras, no contexto de um Curso Superior, possuem função específica: são ferramentas de estudo e de elementos de aprendizagem, facilitando ao aluno universitário a compreensão de textos necessários à sua formação e o acesso a informações atualizadas.

Espera-se do candidato o conhecimento de um vocabulário fundamental e dos aspectos gramaticais básicos, com conhecimentos de estratégias (ex.: compreensão do sentido global do texto, localização de determinada idéia no texto, palavras cognatas) verificados a partir de textos de padrão contemporâneo, em diferentes registros e provenientes de distintas fontes e níveis de dificuldade e selecionados a partir de critérios que privilegiem o texto autêntico, não traduzido nem adaptado.

A prova exigirá do candidato o desenvolvimento de habilidades que mostrem uma competência de leitura em inglês, tanto em nível de competência lingüística quanto em nível de competência discursiva, ou seja, reconhecendo os tipos de textos e suas intenções comunicativas.

Em resumo, a prova de Língua Estrangeira trabalhará, fundamentalmente, os seguintes itens: – Compreensão de textos, de padrão contemporâneo, em diferentes registros e provenientes de diversas fontes e níveis de dificuldade, autênticos, não traduzidos nem adaptados; Vocabulário fundamental; Aspectos gramaticais básicos;

Estratégias de leitura: compreensão do sentido global do texto e localização de determinada idéia no texto; Palavras cognatas; Competência de leitura (lingüística e discursiva): reconhecimento de tipos de textos e suas intenções comunicativas.

Fonte: Por: www.coseac.uff.br