Quantas horas de prova tem o Enem? Entenda

Enem — Escrito por

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado inicialmente para avaliar a qualidade do ensino médio no Brasil, mas, com o tempo, seu papel tem se ampliado.

Tanto é que hoje em dia ele é considerado por muitos o maior vestibular do país, já que centenas de faculdades de todas as regiões brasileiras utilizam as notas do Exame como forma de selecionar alunos.

De fato, as provas se assemelham muito aos exames vestibulares das universidades. As perguntas abordam matérias do ensino médio e o participante tem um tempo limitado para resolver todas as questões e fazer a redação.

Quer saber que tempo limitado é esse?

Então confira agora mesmo quanto dura e como funciona a prova do Enem, o que você pode fazer com as notas e veja ainda algumas faculdades que usam o desempenho no exame como critério de seleção!

Quantas horas tenho para fazer a prova do Enem?

Atenção, porque são dois dias de prova e, a partir da edição do Enem de 2018, há uma pequena diferença no horário de cada um deles – no primeiro dia você tem meia hora a mais. Veja:

  • Primeiro dia de prova do Enem: começa às 13h30 e termina às 19h
  • Segundo dia de prova do Enem: começa às 13h30 e termina às 18h30

Resumindo, para fazer as provas do primeiro dia, você terá cinco horas e meia. Para as do segundo dia, terá cinco horas.

E fique ligado: a prova começa às 13h30, mas é recomendável chegar ao local do exame às 12h, que é o horário de abertura dos portões. Às 13h os portões são fechados e ninguém mais entra!

Outra recomendação é fazer o trajeto de casa ao local da prova alguns dias. Marque o tempo que você gasta, acrescente aí alguns bons minutos extras para qualquer contratempo (trânsito, pneu furado, etc.) e saia de casa com antecedência.

Embora o período de inscrição seja no primeiro semestre (geralmente em maio), as provas só vão acontecer no final do ano, entre o final de outubro e o início de novembro. Elas são aplicadas em dois domingos consecutivos.

O cronograma exato de cada edição e o edital com todas as informações detalhadas podem ser acessados na página oficial do Enem.

Só mais alguns lembretes:

  • No dia da prova, não se esqueça de levar seu documento de identificação, que deve ser original e com foto. Não serve fotocópia! A lista de documentos válidos está no edital e na página do Enem.
  • Leve caneta esferográfica preta fabricada em material transparente. Outros tipos de caneta não serão aceitos. Estão proibidos também lápis, lapiseira, borracha e uma série de itens, que podem ser consultados no site do Enem.

O que cai nas provas do Enem?

As provas têm como referência os conteúdos dos três anos do ensino médio. Os assuntos estão divididos nos seguintes grupos temáticos.

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias – Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologia da Informação e Comunicação
  • Matemática e suas Tecnologias – Matemática
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias – Química, Física e Biologia
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias – Geografia, História, Filosofia e Sociologia

No primeiro dia você terá que fazer a Redação e responder às questões de Linguagens e Códigos e Ciências Humanas.

No segundo dia, é a vez das questões de Ciências da Natureza e Matemática.

Cada prova objetiva tem 45 questões. Na soma dos dois dias, portanto, você deverá responder a 180 perguntas. Todas elas são de múltipla escolha, com cinco opções para escolher e apenas uma correta.

A redação deve ter no mínimo sete linhas e no máximo 30. O tema geralmente aborda alguma questão relevante da atualidade, no campo social, econômico, político, cultural, ambiental, etc.

Você terá que defender seu ponto de vista por meio de um texto dissertativo-argumentativo.

Portanto, além de estudar as matérias do ensino médio, é aconselhável ficar de olho assuntos mais comentados na sociedade: leia jornais e sites de notícia e assista a programas de debates entre especialistas para saber as principais opiniões e argumentos a respeito de temas diversos. E tome cuidado com as informações falsas que circulam pela internet! Usar argumentos furados, dados incorretos e – pior de tudo – desrespeitar os direitos humanos pode render pontos a menos na redação.

Para que serve a nota do Enem?

Além de medir o nível dos estudantes do ensino médio de forma geral, o Enem também serve para que cada um, individualmente, possa verificar em quais matérias vai melhor e quais são aquelas que tem que estudar mais.

Mas não é só isso. O Exame funciona como porta de entrada para benefícios estudantis patrocinados pelo governo federal e para inúmeras universidades de todo Brasil. Confira:

  • Enem para programas do governo federal: se você for bem no Enem, poderá tentar o acesso a programas para estudantes de baixa renda como o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) e o Programa Universidade para Todos (ProUni). O desempenho mínimo para se inscrever é de 450 pontos na média geral das provas, sem ter zerado na redação.
  • Enem para entrar na faculdade: centenas de faculdade brasileiras aceitam as notas do Enem como critério de seleção de alunos. As instituições têm liberdade para estabelecer suas próprias regras e pontuações mínimas exigidas, e você deve entrar diretamente em contato com a faculdade de seu interesse para saber como funcionam seus processos seletivos.

Uma coisa é certa: quanto melhor o seu desempenho no Enem, mais portas se abrirão para você, aumentando suas chances de sucesso no mundo acadêmico e profissional!

Faculdades reconhecidas pelo MEC que aceitam o Enem

Entre as faculdades que aceitam as notas do Enem como critério de seleção, e que também trabalham com programas como o FIES e o ProUni, destacamos a seguir algumas instituições credenciadas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC).

Antes de terminar este texto, é interessante ressaltar que o Enem está sujeito a alterações e ajustes a cada ano. Por isso, leia sempre o edital da edição que você vai fazer para confirmar todos os detalhes.

Veja também:

10+ dicas preciosas para estudar para o Enem

 

O que achou da duração das provas? Você está preparado para responder as questões em cerca de cinco horas? Comente!

Comente