Uma boa nota no Enem abre portas para o ensino superior. Veja como obter a sua!

A gente sabe que uma boa nota é no Enem funciona como um trampolim para quem quer entrar na faculdade hoje e brilhar no mercado de trabalho amanhã.

Quanto melhor o desempenho, maiores são as chances de entrar na universidade pública, conseguir bolsa, financiar os estudos ou entrar na faculdade privada sem precisar fazer vestibular.

Será que com uma média de 600 pontos dá para fazer tudo isso?

Abaixo, veja quantas questões é preciso acertar no Enem para tirar 600!

Quantas questões tenho que acertar no Enem para tirar 600 pontos?

O Enem é uma prova que normalmente tem um grau de dificuldade mais alto.

Tirar 600 pontos, portanto, exige bastante dedicação aos estudos e atenção a alguns detalhes importantes.

Mas você precisa saber que 600 pontos não é dos desempenhos mais altos. Em processos seletivos muito concorridos, como o Sisu (que distribui vagas em universidades públicas), essa nota só permite entrada em poucos cursos, só mesmo aqueles menos procurados.

Ainda assim, a pontuação oferece boas oportunidades em programas como o ProUni, FIES e ingresso direto – dos quais falaremos em detalhes mais adiante.

De acordo com especialistas, para obter uma pontuação aproximada de 600 pontos é necessário:

  • Acertar pelo menos 25 questões em cada uma das quatro provas objetivas: Ciências Humanas, Linguagens, Ciências da Natureza e Matemática.
  • Fazer acima de 680 pontos na Redação.

A pontuação geral é obtida a partir da média aritmética das cinco provas, ou seja: soma tudo e divide por cinco.

Só tenha em mente que isso é apenas uma estimativa, pois o Enem é diferente de tudo a que estamos acostumados. O exame utiliza um sistema dinâmico para atribuir pontos a cada questão levando em conta o desempenho geral. Isso significa que não há uma quantidade de pontos fixa para cada uma delas.

DICA: Capriche nos estudos de Matemática. Por ser uma das provas mais difíceis para a maioria dos participantes, cada questão que você acertar vai render mais pontos que as outras provas. Isso pode fazer toda a diferença na média final.

A seguir, veja quantas questões você tem de acertar para tirar nota acima de 600 pontos e encarar os processos seletivos com mais tranquilidade.

Como tirar nota acima de 600 no Enem

Para passar sem dor de cabeça nos processos seletivos que usam a nota do Enem o ideal é ter nota bem acima de 600 pontos, de preferência mais de 750 pontos!

Veja quantas questões você precisa acertar para obter pontuações mais altas:

800 pontos (aproximadamente):

  • 35 ou mais acertos em cada uma das quatro provas objetivas (lembrando que cada prova tem 45 questões – é um desafio e tanto!)
  • Nota de 800 ou mais na Redação

700 pontos, mais ou menos:

  • 32 ou 33 acertos em cada uma das quatro provas
  • 800 na Redação

Entre 650 e 700 pontos:

  • 30 questões em cada uma das quatro provas objetivas
  • Acima de 720 na Redação

Nota para passar nos processos seletivos que usam o Enem

Com o Enem é possível participar de diversos processos seletivos para entrar na faculdade. Cada um tem seu nível de dificuldade e sua nota média para se dar bem.

Veja em detalhes:

Nota para passar no Sisu

O Sisu distribui vagas em universidades públicas a quem fez o Enem. É o processo seletivo mais concorrido.

A média para passar está atualmente em 680 pontos, mais ou menos (varia um pouco todo ano). Em cursos mais concorridos, como Medicina, Direito e Engenharia, as notas superam os 800 pontos. Os mais fáceis (e raros) oscilam entre 580 e 600 pontos.

Para participar é necessário ter feito a edição mais recente do exame e ter nota acima de zero na redação.

Nota para passar no ProUni

O ProUni distribui bolsas de estudos em faculdades privadas bem avaliadas pelo MEC. É também um processo seletivo bastante concorrido.

A nota média para conseguir o benefício tem ficado na casa dos 630 pontos.

Os mais procurados variam entre 700 e 800 pontos, enquanto os mais tranquilos ficam entre 480 e 550 pontos.

Para participar de qualquer uma das duas seleções anuais o candidato precisa ter feito o Enem mais recente, obtido pelo menos 450 na média das provas e não ter zerado a redação. Fora isso, precisa ter concluído o ensino médio em escola da rede pública e apresentar renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa.

Nota para passar no FIES

O FIES permite financiar um curso superior a juros baixos e ainda oferece condições facilitadas de pagamento.

O benefício é distribuído todos os anos por meio de um processo seletivo que utiliza a nota do Enem.

Aqui, a média para se dar bem é de 580 pontos, podendo subir para mais de 700 em cursos muito procurados (Medicina, Engenharia, etc.) e cair para 450 pontos nos mais tranquilos (tecnólogos e licenciaturas).

O FIES vem mudando suas regras praticamente todo ano. O que não muda é que sempre tem requisitos de renda familiar e desempenho no Enem para se inscrever.

Nota para passar no ingresso direto

O ingresso direto é um sistema que utiliza a nota do Enem para permitir entrada direta na faculdade privada sem precisar fazer vestibular.

Aqui a nota para passar varia bastante, pois é estabelecida pela própria faculdade.

Mas é certo que são bem menores que as pedidas pelo Sisu, ProUni ou FIES.

O sistema está disponível em centenas de faculdades privadas pelo país.

Faculdades que aceitam a nota do Enem

Conheça abaixo algumas boas faculdades, com qualidade reconhecida pelo MEC, onde você pode entrar usando a nota do Enem – seja pelo ProUni, FIES ou ingresso direto. Elas contam também com programas de bolsas de estudos e financiamento sem burocracia.

Veja também:

Descubra o que é isenção do Enem e veja se você pode pedir 

E aí, preparado para fazer bonito no Enem? Conte para a gente!