Dependendo do modo de acesso, a nota do Enem para entrar em Jornalismo é diferente. Por exemplo: a pontuação para passar no Sisu costuma ser mais alta do que a do FIES e a do ProUni.

Observando as edições maios recentes dos programas do governo, é possível fazer uma boa estimativa de quantos pontos você vai precisar para entrar em Jornalismo. O curso é concorrido, mas você pode chegar lá!

E tem também o acesso direto, já que muitas universidades aceitam as notas do Enem como critério de seleção. Nesses casos, a pontuação necessária para entrar em Jornalismo pode ser bem menor.

Descubra agora mesmo quantos pontos você precisa para entrar em Jornalismo pelo FIES, ProUni, Sisu e pelo acesso direto!

Pontos no Enem para entrar em Jornalismo pelo Sisu

Começamos pelo mais difícil.

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) distribui vagas em universidades públicas, que são tradicionalmente muito concorridas, ainda mais para os cursos bastante procurados, como o de Jornalismo.

Por isso, as notas de corte costumam ser altas. Analisando os dados das edições mais recentes, o mínimo de pontos no Enem para conseguir vaga em Jornalismo fica em torno dos 620, enquanto as maiores notas de corte se aproximam de 760. A média nacional também é alta: 684 pontos.

Para concorrer, é preciso ter feito o Enem mais recente, sem ter zerado a redação.

Pontos no Enem para entrar em Jornalismo pelo ProUni

Com o ProUni, a coisa é um pouco mais tranquila (mas não muito!). De acordo com as últimas edições, a menor nota de corte para Jornalismo foi de cerca de 570 pontos. A maior foi de 690 e a média nacional fica em torno de 630 pontos.

Para quem não sabe, o Programa Universidade para Todos (ProUni) distribui bolsas de estudo parciais e integrais em faculdades particulares de todo o Brasil. Vale para cursos de Jornalismo presenciais e a distância.

Para se inscrever, é preciso ter prestado o Enem mais recente e tirado pelo menos 450 na média geral das provas e mais do que zero na redação. Mas, como você viu, com 450 pontos é difícil conseguir vaga em Jornalismo.

Outra exigência do Enem é a comprovação dos dados socioeconômicos, já que o programa está voltado para estudantes de baixa renda.

Pontos no Enem para entrar em Jornalismo pelo FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é o programa do governo que vem apresentando as notas de corte mais acessíveis quando comparado ao Sisu e ProUni.

Assim como no ProUni, o desempenho mínimo para participar é de 450 pontos na média geral das provas e mais do que zero na redação. A diferença é que, com essa pontuação, o candidato já encontra opções de vagas em Jornalismo.

A nota de corte mínima tem se situado justamente nos 450 pontos, e a máxima em 725. A média nacional fica em 570.

Outra diferença é que o FIES aceita o desempenho no Enem de anos anteriores, a partir de 2010. O programa oferece financiamento das mensalidades em faculdades particulares. A dívida adquirida durante o curso só começa a ser paga depois da formatura, a juros baixos e em muitas parcelas.

O critério socioeconômico também é aplicado aqui. Somente alunos de baixa renda podem participar do programa. Confira no edital quais são os requisitos de renda familiar.

Por que a quantidade de pontos no Enem para passar em Jornalismo varia tanto?

São vários fatores. Alguns dos principais são a quantidade de vagas oferecidas para determinado curso, a procura por parte dos estudantes e o desempenho no Enem dos candidatos que se inscrevem.

Para você ter uma ideia, até mesmo o turno de estudos influencia. As notas de corte da mesma faculdade de Jornalismo podem ser bem diferentes para as turmas da manhã e da noite, conforme os fatores que mencionamos acima.

Por isso, você tem que ter em mente que os números que apresentamos aqui são estimativas baseadas em edições recentes do Enem, do ProUni, do FIES e do Sisu. Embora a tendência seja que as médias sigam semelhantes, sempre existe a possibilidade de mudanças significativas a cada nova edição.

Pontos no Enem para entrar em Jornalismo por acesso direto

Muitas faculdades vêm adotando a nota do Enem como critério para selecionar alunos, substituindo o vestibular.

É o caso, por exemplo, da Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL).

A partir de 300 pontos no Enem você já tem chance de conseguir uma vaga.

Essas regras não são iguais para todas as universidades e, por isso, o melhor é entrar em contato direto com a instituição de seu interesse e verificar as possibilidades de usar seu desempenho no Enem para conseguir uma vaga em Jornalismo.

Faculdades em que você pode entrar em Jornalismo com a nota do Enem

Anote a lista abaixo. São algumas sugestões de faculdades que trabalham com programas governamentais e que também aceitam as notas do Enem como critério seletivo para acesso direto.

Além disso, um dado muito importante: todas estas instituições têm cursos de Jornalismo reconhecidos e bem avaliados pelo Ministério da Educação (MEC), o que garante a validade do diploma em todo o território nacional.

Veja também:

Descubra quais são as novas regras do FIES 2019

Acha que vai conseguir sua vaga em Jornalismo? Está pensando em tentar algum dos programas governamentais ou vai tentar o acesso direto? Conte tudo aqui para a gente!