Que nota preciso tirar no Enem para conseguir bolsa do ProUni?

Prouni — Escrito por

Que tal estudar em uma faculdade particular sem pagar nada e sem fazer vestibular? O Programa Universidade para Todos (ProUni) é uma iniciativa do Governo Federal que oferece bolsas de estudos em faculdades particulares para estudantes de baixa renda. A seleção para as bolsas do ProUni é feita automaticamente, usando as notas do Enem.

O ProUni acontece duas vezes por ano (em janeiro e em junho) e na primeira edição de 2015 são oferecidas mais de 213 mil bolsas de estudo parciais e integrais em todo o Brasil! Para participar, basta não ter diploma de nível superior, cumprir alguns requisitos de renda familiar, escolaridade e o desempenho no Enem.

Confira a pontuação que você precisa ter no Enem para conseguir uma bolsa do ProUni.

Posso participar do ProUni?

Além de ter feito o Enem no ano anterior, com pelo menos 450 pontos nas provas e nota maior do que zero na redação, para disputar uma vaga ProUni é necessário ter renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa, não ter diploma de curso superior e cumprir pelo menos um dos critérios a seguir:

  • ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública, ou em escola da rede privada como bolsista integral;
  • ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada, como bolsista integral da escola privada;
  • ser pessoa com deficiência;
  • ser professor efetivo da rede pública de ensino, concorrendo a bolsas em cursos de licenciatura (nesses casos não há requisitos de renda).

As bolsas integrais do ProUni, que cobrem 100% da mensalidade, são para candidatos com renda familiar mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa e os estudantes com renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa podem concorrer a uma bolsa parcial (50% da mensalidade).

A inscrição do ProUni é totalmente gratuita e só pode ser feita pela internet, no site oficial do programa: prouni.mec.gov.br. São duas edições por ano, normalmente em janeiro e em junho.

As inscrições para a primeira edição do ProUni em 2015 estão abertas entre os dias 26 e 29 de janeiro.

Que nota preciso tirar no Enem para conseguir uma bolsa do ProUni?

As notas mínimas para conseguir bolsa do ProUni, chamadas “notas de corte”, podem variar de acordo com os seguintes fatores:

  • A universidade: faculdades mais procuradas podem ter um número maior de candidatos por vaga, ou atrair estudantes mais dedicados e isso pode aumentar a nota de corte.
  • O curso: normalmente, cursos muito concorridos, como os de Medicina, costumam ter nota de corte alta, entre 700 e 800 pontos, independentemente da faculdade. Cursos com pouca procura ou com menos candidatos por vaga podem ter uma nota de corte próxima ao mínimo exigido, 450 pontos.
  • O turno: quando muitos candidatos preferem estudar em determinado turno, a concorrência aumenta e, consequentemente, a nota do Enem para entrar naquelas vagas também.
  • A modalidade de concorrência: existem duas modalidades de concorrência no ProUni: ampla concorrência e ações afirmativas (cotas). Historicamente, as notas de corte das vagas reservadas para as cotas costumam ser um pouco mais baixas do que as notas da ampla concorrência.
  • O desempenho dos outros candidatos: se os candidatos que disputam uma mesma vaga, no mesmo curso, turno, faculdade e modalidade de concorrência tiverem notas altas no Enem, a média para entrar naquela vaga aumenta. Por outro lado, se a maioria dos candidatos tiver notas baixas no Enem, a nota de corte diminui.

Enquanto durarem as inscrições do ProUni, os candidatos podem consultar a menor pontuação no Enem possível para entrar em determinado curso, turno, faculdade e modalidade de concorrência, a nota de corte parcial.

Dessa forma, o candidato pode comparar a nota de corte parcial com a pontuação no Enem e avaliar suas chances de conseguir uma bolsa. Durante todo o período de inscrições do ProUni, é possível modificar as opções de curso em função da nota de corte. O ProUni sempre vai considerar a última opção gravada no sistema para fazer a classificação geral.

As notas de corte parciais são apenas uma referência, não garantem a bolsa. Vale lembrar que quanto maior a sua pontuação no Enem, maiores as chances de conseguir uma vaga no ProUni.

E se dois candidatos empatarem?

Pode ocorrer que dois candidatos diferentes concorrendo a uma mesma vaga tenham a mesma pontuação geral no Enem. Nesses casos, quem tiver a maior nota na redação sai na frente.

É que o sistema do ProUni usa os seguintes critérios de desempate, nesta ordem:

  1. Maior nota na Redação.
  2. Maior nota na prova de Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias.
  3. Maior nota na prova de Matemática e suas Tecnologias.
  4. Maior nota na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias.
  5. Maior nota na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Posso conseguir bolsa do ProUni com nota baixa no Enem?

Se a sua nota do Enem foi muito perto dos 450 pontos mínimos, ainda assim existe uma chance de conseguir uma bolsa do ProUni. Isso porque alguns cursos e faculdades têm uma concorrência menor, ou os candidatos que disputam aquela vaga também não foram muito bem no Enem.

Em edições anteriores do ProUni, vários cursos (inclusive Direito!) tiveram notas mínimas de corte perto dos 450 pontos no Enem. Você pode consultar as notas de corte parciais durante o período de inscrições e mudar suas opções de curso para tentar aumentar suas chances de entrada de acordo com a pontuação do Enem.

Você vai tentar uma bolsa do ProUni? Deixe um comentário!

Tags: , , ,

Comente