Saiba que nota precisa tirar no Enem pra passar em Nutrição

Enem — Escrito por

Descubra como utilizar a nota do Enem para ingressar no curso de Nutrição e saiba qual a pontuação necessária para isso.

Se você está pensando em cursar Nutrição, deve estar ciente de que se trata de uma das carreiras mais desejadas entre os estudantes brasileiros. E por isso, ingressar no curso não é tão fácil assim.

Para começar, fique atento ao seu desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com essa nota, é possível ingressar no ensino superior através de quatro processos seletivos: Sisu, ProUni, FIES e ingresso direto.

A concorrência é grande, mas se você se preparar com calma, disciplina e antecedência, pode obter uma boa nota no exame.

Neste artigo, mostraremos as notas máximas, médias e mínimas necessárias para passar nas principais seleções com a nota do Enem, e também algumas ótimas instituições nas quais é possível cursar Nutrição.

Como utilizar o Enem para entrar em Nutrição

Existem basicamente quatro maneiras de você utilizar a nota do Enem para ingressar na faculdade de Nutrição. Por meio de programas educacionais do governo (Sisu, ProUni e FIES) ou através do ingresso direto. Saiba como funcionam esses processos seletivos:

Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Classifica estudantes para preencherem vagas nas universidades públicas. Para participar do processo seletivo, basta ter realizado o último Enem e não ter zerado a redação.

A nota média para conseguir entrar em Nutrição está em torno de 695 pontos.

Quando falamos em nota de corte, estamos nos referimos à menor nota necessária para um aluno ingressar em determinado curso.

Portanto, se a nota de corte da Universidade Federal do Rio de Janeiro for 795 pontos, significa que essa foi a nota que o último candidato a conseguir uma vaga tirou.

Recentemente, as maiores notas de corte de Nutrição foram das seguintes instituições:

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro         
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Universidade Federal de Santa Catarina             
  • Universidade Federal do Pará

O Sisu abre inscrições duas vezes ao ano, sempre no começo do semestre letivo. Para participar, é preciso ter realizado o último Enem e não ter zerado a redação.

Programa Universidade para Todos (ProUni)

Concede bolsas integrais ou parciais (50%) para estudantes de baixa renda estudarem em faculdades privadas.

Para participar da seleção, o candidato precisa ter feito o último Enem, com uma pontuação mínima de 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação, além de atender aos critérios de renda familiar e formação estabelecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

A média de pontos para conseguir bolsa em Nutrição fica em torno de 621 pontos, um pouco abaixo do Sisu. Com pontuação mediana, podemos citar a Anhanguera de Brasília, que teve recentemente uma nota de corte de 606 pontos para o período matutino.

As faculdades mais conceituadas costumam apresentar notas de corte mais altas, ficando entre 685 e 713 pontos.

Já nas menos concorridas, a situação é mais tranquila: a nota de corte gira em torno de 555 pontos, ou seja, apenas 105 pontos acima da mínima exigida na média das provas.

A seleção ocorre duas vezes ao ano e abre logo após o encerramento do Sisu.

Fundo de Financiamento Estudantil (FIES)

Programa de crédito universitário do governo federal, que oferece juros abaixo da média do mercado.

Para concorrer, o candidato precisa ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2010, com uma pontuação mínima de 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação, além de se encaixar em determinados critérios de renda.

Para conseguir o financiamento em faculdades mais conceituadas pode requerer uma nota mais alta, em torno de 693 pontos.

A nota média é de 558 pontos, mas em algumas instituições é possível obter sucesso com apenas um pouco mais do que a nota mínima exigida.

A nota mais baixa tem ficado em torno de apenas 450 pontos. Exatamente a nota mínima exigida para qualquer programa educacional.

Na Cruzeiro do Sul, a nota de corte mais recente é de 534 pontos.

Assim como o Sisu e o ProUni, o FIES também tem duas edições anuais, uma no primeiro semestre e outra no segundo.

Ingresso direto

Diversas instituições particulares vêm adotando o sistema de ingresso direto, através do qual o aluno pode entrar na faculdade sem precisar prestar o vestibular tradicional.

Para realizar a matrícula no curso desejado, basta o candidato apresentar o boletim de desempenho do Enem — desde que tenha atingido a pontuação exigida pela instituição. Na maioria dos casos, nem é preciso pagar para se inscrever no processo seletivo.

Cada instituição tem seus próprios critérios de avaliação. Enquanto algumas exigem que o estudante não zere a redação, outras exigem uma pontuação mínima na média das provas, por exemplo.

Onde estudar Nutrição

Confira a lista de algumas instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC) e que aceitam a nota do Enem como método de ingresso:

As instituições acima participam do ProUni e FIES, além de concederem outros tipos de bolsas de estudos, descontos na mensalidade e financiamento sem burocracia. Para saber mais a respeito, entre em contato com a instituição desejada.

Veja também:

Quanto precisa tirar no Enem pra passar em Educação Física?

E aí, acha que dá conta de fazer uma boa pontuação para passar em Nutrição? Conte para a gente aqui nos comentários!

Comente