Quem pode participar do Sisutec?

Sisutec — Escrito por

Criado pelo Ministério da Educação (MEC), o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) é mais uma oportunidade para estudantes de todo Brasil concorrem a bolsas em instituições privadas e públicas que ofereçam cursos profissionalizantes.

No primeiro semestre de 2014 ocorre a segunda edição do Programa, que deve também ter uma nova edição no segundo semestre. Se você ainda não sabe como funciona e tem o interesse em participar confira a seguir os requisitos.

Quem pode participar

O primeiro requisito para se inscrever no Sisutec é ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano correspondente à candidatura. Portanto, quem fez o Exame em 2013 está apto a participar do programa em 2014.

É imprescindível ter realizado o último Enem, pois é com o número daquela inscrição e senha que o candidato poderá se inscrever no Sisutec. Além de ter alcançado uma boa nota na prova, o aluno ainda não pode ter zerado na redação. Ele também não pode estar matriculado em outro curso, seja em instituição pública ou particular.

Um dado importante é que algumas das instituições participantes do Sisutec ainda adotam notas mínimas para o preenchimento do cadastro. Por isso, na hora da inscrição o candidato receberá uma mensagem caso a sua nota não seja suficiente para concorrer àquela vaga.

85% das vagas – apenas em 2014 são 291.338 – são destinadas a alunos que fizeram o Ensino Médio em escola pública ou tiveram bolsa integral em uma instituição particular. Há também uma cota específica para os que se autodenominem pardos, pretos ou indígenas.

Um pouco mais sobre a distribuição de cotas

50% das vagas das instituições federais são destinadas para estudantes de família com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio per capita e que tenham estudado em escolas da rede pública ou sido bolsista integral em instituições privadas. Para ocupar essa vaga, no entanto, não será permitido que o candidato esteja matriculado em outro curso técnico ou de graduação.

Para calcular a renda per capita é preciso somar toda a renda mensal bruta da família. O valor total deve ser dividido por cada membro da família obtendo-se, assim, o valor da renda per capita. Entra nesse cálculo não apenas o salário, mas tudo que é recebido pelos entes componentes da família, como aluguel de um imóvel, por exemplo.

Como se inscrever

Se você atende aos requisitos descritos acima pode realizar o cadastro no Programa através do site oficial. Confira todos os dados com cuidados para somente depois confirmar a candidatura. É possível escolher duas opções de curso e instituição. Até o fim do prazo de inscrição você ainda pode modificar as suas escolhas.

Em 2014, o resultado da primeira lista sai no dia 25 de março e a segunda no dia 1º de abril. Não há lista de espera no Sisutec e, por isso, é preciso fazer uma nova inscrição no caso de você ter que concorrer às vagas remanescentes.

Com todas essas informações, agora você já sabe quais são os requisitos para se inscrever no Sisutec. Tenha em mãos os documentos necessários e, caso haja outras dúvidas, não deixe de compartilhá-las conosco através dos comentários para que consigamos auxiliá-lo!

Tags: , ,

Comente