A redação do Enem é muito importante e quanto melhor você for nela, mais chances têm de conseguir uma bolsa de estudo. Então veja essas dicas que separamos para você!

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece em novembro e nele o estudante fará provas das áreas de: Matemática e suas tecnologias, Ciências Humanas e suas tecnologias, Linguagens, códigos e suas tecnologias e Ciências da Natureza e suas tecnologias, além de uma redação.  

A prova do Enem  

A prova do Enem possui o total de 180 questões, sendo que são divididas em dois domingos. O primeiro com as áreas de Linguagens, códigos e suas tecnologias e Ciências da Natureza e suas tecnologias, com 45 questões cada área e, além da prova objetiva, o aluno precisará realizar uma redação.  

No segundo domingo o aluno fará mais 90 questões divididas entre as áreas de Matemática e suas tecnologias e Ciências Humanas e suas tecnologias.

Nessas áreas participam as disciplinas de:  

  • História  
  • Geografia  
  • Gramática  
  • Literatura  
  • Sociologia  
  • Filosofia  
  • Matemática  
  • Física   
  • Química  
  • Biologia  

Redação do Enem  

A redação do Enem é discursiva. O estudante deverá escolher um dos temas propostos, apresentar os dois lados desse tema, tomar um lado pra si e defendê-lo.   

Na prova o candidato encontrará uma folha de rascunho e uma folha oficial, onde terá 30 linhas para apresentar o seu texto.

Veja algumas dicas importantes para alcançar a tão sonhada nota 1000 na redação do Enem!  

1. Faça um rascunho

O rascunho é essencial na prova do Enem, pois nele você consegue planejar o seu texto, vê as palavras-chave, pode testar seus argumentos e o melhor, pode errar! No texto oficial quanto menor o erro, menos pontos serão retirados, então não deixe de fazer seu rascunho.  

É bom lembrar que, ao colocar o seu texto na folha definitiva, não tente mudar o que você tinha planejado no rascunho para não se confundir.

2. Faça um texto organizado

Lembra daquele ditado: “a primeira impressão é a que fica”? É mais ou menos assim na redação. Quando o corretor for lê sua redação, a primeira coisa que ele vai ter contato é com a organização da folha, se está com texto na margem correta, se a letra está legível, se possui muitos erros. Então capriche na organização, porque, se o texto estiver ótimo, porém desorganizado, você será despontuado.

3. Use terceira pessoa

O texto dissertativo é impessoal, então você não usa os verbos na primeira pessoa, usa sempre a terceira pessoa. Exemplo:  

Forma incorreta: “Vivemos no Brasil”

Forma correta: “Vive-se no Brasil”  

4. Estruture seu texto

Seu texto deve ser dividido em:

  • 1 parágrafo de introdução – mínimo de 5 e máximo de 7 linhas.
  • 2 ou 3 parágrafos de argumentação – mínimo de 7 e máximo de 8 linhas (cada).
  • 1 parágrafo de conclusão – mínimo de 5 e máximo de 7 linhas.

5. Escolha bem o seu título

O título não é obrigatório na prova do Enem, mas, caso queira colocar no seu texto, escolha primeiro fazê-lo e depois coloque um título que tenha relação com texto.    

Como usar a nota do Enem  

Logo após o resultado do Enem, o governo federal libera a seleção para as universidades federais e estaduais do país pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Além do Sisu, o estudante que fizer o Enem pode participar de outras seleções como o Programa Universidade Para Todos (ProUni) e o Financiamento Estudantil (Fies).  

Algumas faculdades particulares também utilizam a nota do Enem como forma de seleção. Dessa forma o estudante não paga taxa de inscrição e ainda não realiza nenhuma outra prova.  

Gostou? Então veja a lista das principais faculdades, reconhecidas pelo MEC e que realizam esse tipo de seleção:

As faculdades acima participam do ProUni e Fies e ainda oferecem bolsas de estudo e financiamentos próprios.

 Veja também:   

Teste vocacional grátis

Está pronto para a prova do Enem? Então conte aqui nos comentários como você se preparou para o exame!