O Ministério da Educação (MEC) analisa a aplicação de parâmetros mais objetivos na hora de corrigir as redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, diz que a ideia é assegurar um rigor na hora da avaliação das redações.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você]

O MEC tem trabalhado para obter uma matriz de correção que transmita maior segurança e objetividade, afinal textos sempre possuem alguma subjetividade.

Aloizio afirma que o MEC irá usar critérios bem definidos, criando uma metodologia no qual passe segurança aos alunos. Isto é, que se torne claro para o aluno quais os pontos que são avaliados na correção.

Outro fator que irá dar mais credibilidade para este processo é a formação de uma arbitragem que seja eficiente em casos de divergências entre os avaliadores. A aplicação desses critérios já será feita na edição do Enem 2012.