O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é o sistema informatizado utilizado pelo Ministério da Educação (MEC) para classificar os estudantes que desejam ocupar as vagas ofertadas em instituições de ensino superior públicas. Essa classificação é feita baseando-se nas notas obtidas na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) do ano anterior.

Esse processo de seleção é realizado duas vezes ao ano, uma para ingresso no primeiro semestre letivo e a outra para o segundo, dando uma nova chance aos estudantes que não foram classificados na primeira edição. Isso acontece pois algumas universidades permitem a entrada a cada semestre letivo.

O SiSU é dividido em algumas etapas, são elas: o período de inscrições; a primeira chamada e sua respectiva matrícula; a segunda chamada e sua respectiva; e a lista de espera e sua respectiva matrícula.

A segunda edição do SiSU deste ano já terminou o período de inscrições e já foi divulgada a primeira chamada. Logo após ser divulgada a primeira chamada, foi também divulgado os números finais do processo. Confira:

SiSU de Inverno 2013: Dados Estatísticos

Total de vagas oferecidas

Na edição de inverno do SiSU 2013 foram disponibilizadas 39.724 vagas em 1.179 cursos de 54 instituições de ensino superior. Esse número é superior ao dos anos anteriores, em 2010 foram 16.573 vagas, mais de 26 mil em 2011 e quase 31 mil em 2012.

Total de alunos inscritos

O sistema registrou ao todo 788.819 inscritos. Como cada estudante pode escolher participar em dois cursos, o número de inscrições ultrapassou o 1,5 milhão.

Total de instituições que adotaram este meio de seleção no meio do ano

A edição de inverno do SiSU contou com a participação de 54 instituições públicas de ensino superior. Em relação aos anos anteriores, em 2010 tiveram 35 instituições, em 2011 foram 48 e em 2012 o número foi de 56 instituições participantes.

Cursos mais procurados

Segundo dados do MEC, dentre os dez cursos mais procurados, 8 são de os de Medicina. Confira a lista dos 10 cursos mais procurados e seu respectivo número de inscritos.

  • Medicina (Universidade Federal Fluminense) – 15.504 inscritos;
  • Medicina (Universidade Federal do Rio de Janeiro) – 15.333 inscritos;
  • Medicina (Universidade Federal do Maranhão) – 11.772 inscritos;
  • Medicina (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) – 11.722 inscritos;
  • Medicina (Universidade Federal de São João Del Rei) – 11.528 inscritos;
  • Medicina (Universidade Federal do Rio Grande do Norte) – 11.066 inscritos;
  • Medicina (Universidade Federal de Ouro Preto) – 9.467 inscritos;
  • Direito (Universidade Federal do Rio de Janeiro) – 9.089 inscritos;
  • Medicina (Universidade Federal do Piauí) – 9.033 inscritos;
  • Engenharia Civil (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará) – 6.634 inscritos.

Universidades mais procuradas

O MEC divulgou ainda os números das instituições mais procuradas. Confira:

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – 124.778 inscritos;
  • Universidade Federal Fluminense (UFF) – 119.283 inscritos;
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI) – 109.503 inscritos;
  • Universidade Federal do Maranhão (UFMA) – 104.317 inscritos;
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – 92.467 inscritos;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) – 79.982 inscritos;
  • Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) – 58.870 inscritos;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) – 57.885 inscritos;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) – 56.590 inscritos;
  • Universidade do Estado da Bahia (UNEB) – 46.173 inscritos.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você!]