Descubra como fazer o Sisu pelo Enem

Sisu — Escrito por

Quer entrar na faculdade, mas não sabe como? Confira agora como fazer o Sisu pelo Enem!

O Sisu é uma porta de entrada para a universidade. Para participar, você deve realizar o Enem será por meio da nota obtida no exame que você conseguirá concorrer a uma vaga na instituição em que deseja estudar. Abaixo, selecionamos as principais informações para quem deseja fazer o Sisu pelo Enem:

O que é o Sisu?

Gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um programa em que universidades públicas oferecem vagas aos candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Quem pode se inscrever no Sisu?

Para se inscrever no Sisu, é necessário ter realizado o Enem no ano anterior sem zerar a redação. Vale ressaltar que algumas faculdades estipulam notas mínimas para inscrição em determinados cursos. Sendo assim, se a nota do candidato não for suficiente para concorrer ao curso em que ele tem interesse, o sistema emitirá mensagem informando—o no momento da inscrição.

Como participar do Sisu?

Para participar do Sisu, o candidato deve realizar seu cadastro exclusivamente pela internet, na página do Sisu. Não há cobrança de taxas.

O candidato deve informar o número de inscrição e senha do Enem do ano anterior. Caso você não se recorde desses dados, poderá recuperá—los na página do Enem.

Como funciona o processo de seleção do Sisu?

O Sisu exige uma única etapa de inscrição.Após efetuá—la, o candidato precisa escolher, por ordem de preferência, até dois cursos, com base nas vagas disponibilizadas pelas instituições participantes naquele momento.

Também é nesse momento que o candidato deve informar se vai concorrer às vagas de ampla concorrência, às reservadas de acordo com a Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012 (Lei de Cotas), ou às destinadas para as demais políticas afirmativas das instituições.

Finalizando a etapa de inscrição, o sistema do Sisu seleciona, de forma automática, os candidatos mais bem ranqueados em cada curso, tendo como base suas notas no Enem. Para ser selecionado, sua nota deve colocar você dentro do número de vagas ofertadas pelo Sisu em cada curso. Caso sua nota possibilite a classificação em dois tipos de cursos, o sistema selecionará automaticamente sua primeira opção.

Será feita apenas uma chamada para a efetivação da matrícula, e os selecionados terão um prazo para realizá—la na instituição, confirmando, dessa forma, o interesse na vaga. Após a primeira chamada e a aprovação dos candidatos, o Sisu vai disponibilizar para as instituições participantes uma lista de espera com as vagas não preenchidas.

Os candidatos que desejarem participar da lista precisam acessar o seu boletim, na página do Sisu, e informar o interesse dentro do prazo estipulado. Podem participar os candidatos que não foram contemplados na primeira chamada e os selecionados na segunda opção de curso, independentemente de terem realizado a matrícula.

Na lista de espera, será possível optar por apenas um curso e, caso tenha vaga disponível, a instituição notificará os candidatos sobre as matrículas. Portanto, fique atento às convocações.

Quais universidades participam do Sisu pelo Enem?

Até o último processo seletivo feito pelo Sisu as universidades participantes eram as seguintes:

Acre

  • IFAC — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre
  • UFAC — Universidade Federal do Acre
  • Alagoas
  • IFAL — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas

Amapá

  • UNIFAP — Universidade Federal do Amapá

Bahia

  • IFBAIANO — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia baiano
  • IFBA — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia
  • UNEB — Universidade do Estado da Bahia
  • UESB — Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • UFBA — Universidade Federal da Bahia
  • UFOB — Universidade Federal do oeste da Bahia
  • UFRB — Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Ceará

  • IFCE — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
  • UNILAB — Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro—Brasileira
  • UFCA — Universidade Federal do Cariri

Distrito Federal

  • IFB — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília
  • Espírito Santo
  • IFES — Instituto Federal De Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

Goiás

  • IFG — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
  • Maranhão
  • IFMA — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão
  • UFMA — Universidade Federal do Maranhão

Minas Gerais

  • CEFET/MG — Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais
  • IFTM — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro
  • IFMG — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais
  • IFNMG — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais
  • IFSEMG — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais
  • IF sul de Minas — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais
  • UNIMONTES — Universidade Estadual de Montes Claros
  • UNIFAL—MG — Universidade Federal de Alfenas
  • UFJF — Universidade Federal de Juiz de Fora
  • UFLA — Universidade Federal de Lavras
  • UFOP — Universidade Federal de Ouro Preto
  • UFSJ — Universidade Federal de São João Del Rei
  • UFTM — Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • UFVJM — Universidade Federal Dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Mato Grosso do Sul

  • IFMS — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul

Pará

  • UNIFESSPA — Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará

Paraíba

  • IFPB — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba
  • UEPB — Universidade Estadual da Paraíba
  • UFPB — Universidade Federal da Paraíba
  • UFCG — Universidade Federal de Campina Grande

Pernambuco

  • IF SERTÃO — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano

Piauí

  • IFPI — instituto federal de educação, ciência e tecnologia do piauí
  • UESPI — universidade estadual do piauí
  • UFPI — universidade federal do piauí

Paraná

  • UFPR — Universidade Federal do Paraná
  • UTFPR — Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Rio de Janeiro

  • CEFET/RJ — Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca
  • UEZO — Centro Universitário Estadual Da Zona Oeste
  • IFRJ — instituto federal de educação, ciência e tecnologia do rio de janeiro
  • IF FLUMINENSE — instituto federal de educação, ciência e tecnologia fluminense
  • UNIRIO — universidade federal do estado do rio de janeiro
  • UFRJ — universidade federal do rio de janeiro
  • UFF — universidade federal fluminense
  • UFRRJ — universidade federal rural do rio de janeiro

Rio Grande Do Norte

  • IFRN — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte
  • UFERSA — Universidade Federal Rural Do Semiárido

Rondônia

  • IFRO — Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Rondônia

Roraima

  • IFRR — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima

Rio Grande do Sul

  • IFSUL — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense
  • UFPEL — Universidade Federal de Pelotas
  • UFSM — Universidade Federal de Santa Maria
  • FURG — Universidade Federal do Rio Grande

Santa Catarina

  • UDESC — Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina
  • IFSC — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina
  • UFFS — Universidade Federal da Fronteira Sul

São Paulo

  • FMPFM — Faculdade Municipal Professor Franco Montoro de Mogi Guaçu
  • IFSP — Instituto Federal De Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo

Tocantins

  • IFTO — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins
  • UNITINS — Universidade do Tocantins

SiSu e ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) foi criado pelo governo federal com o objetivo de oferecer bolsas de estudos a candidatos de baixa renda que desejam estudar em faculdades particulares.

O candidato inscrito no Sisu também pode participar do ProUni, desde que atenda aos critérios estabelecidos. Quem for selecionado nos dois programas deverá escolher apenas um.

Opções de faculdade particulares para realizar o curso superior

Sabemos que é bastante concorrido conseguir uma vaga no Sisu pelo Enem. Caso você não consiga entrar numa universidade pública, existem várias faculdades particulares que oferecem cursos de graduação por um preço acessível.

Selecionamos abaixo algumas instituições privadas de ensino superior que são reconhecidas pelo MEC, oferecem cursos em todas as áreas do conhecimento e nas modalidades presencial, semipresencial e EAD. Além disso, estão localizadas em regiões de fácil acesso, possuem polos de apoio em todos os Estados do Brasil e o melhor, participam do ProUni.

Vale ressaltar que todas elas aceitam a nota do Enem como forma de ingresso em seus cursos. Confira!

Veja também:

Descubra qual é a nota de corte do Sisu para Enfermagem

Descubra qual é a nota de corte do Sisu para Psicologia

Agora que você já sabe como realizar o Sisu pelo Enem, conte para a gente em qual curso pretende entrar!

Comente