O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem se tornado cada dia mais disputado pelos estudantes do Brasil. Isso porque a prova dá acesso a centenas de universidades públicas e privadas do país.

O Enem é composto por quatro provas objetivas, de Língua Portuguesa, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza, e uma redação. Essa redação deixa muitos candidatos ansiosos. E não é para pouco, já que a nota da redação do Enem equivale a um quinto da prova.

Como é a redação do Enem?

A prova cobra a produção de um texto do tipo dissertativo-argumentativo sobre algum problema que afeta a sociedade. Na redação, o candidato deve apresentar uma tese, ou seja, sua opinião sobre o tema proposto, defender seu ponto de vista com argumentos e concluir com uma proposta de intervenção que respeite os Direitos Humanos.

A redação vale 1000 pontos, são 200 pontos para cada competência avaliada. Confira quais são as competências cobradas serão cobradas no seu texto, de acordo com o Ministério da Educação (MEC):

  • Competência 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa;
  • Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa;
  • Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;
  • Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação;
  • Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

O que é o tema da redação?

O tema de redação é o assunto sobre o qual o candidato deve escrever seu texto. No Enem, o tema sempre é algum problema atual do país na questão da saúde, educação, meio ambiente, segurança, economia, política, cultura, tecnologia, transporte e mobilidade urbana.

Para que o candidato entenda melhor o tema, a prova traz textos de apoios na proposta de redação. O tema proposto deve ser abordado obrigatoriamente, só recortes temáticos são permitidos. A fuga do tema é uma das características que zeram a redação.

Últimos temas de redação do Enem

Confira quais foram os temas de redação nas últimas dez provas do Enem:

  • 2010 – O trabalho na construção da dignidade humana;
  • 2011 – Viver em rede no século XXI: os limites entre o público e o privado;
  • 2012 – O movimento imigratório para o Brasil no século XXI;
  • 2013 – Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil;
  • 2014 – Publicidade infantil em questão no Brasil;
  • 2015 – A persistência da violência contra a mulher no Brasil;
  • 2016 – Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil (1ª aplicação) e Caminhos para combater o racismo no Brasil (2ª aplicação);
  • 2017 – Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil (1ª aplicação) e Consequências da busca por padrões de beleza idealizados (2ª aplicação);
  • 2018 – Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet;
  • 2019 – Democratização do acesso ao cinema no Brasil.

Quais os temas atuais para a redação do Enem?

Apesar da curiosidade de muitos estudantes de saber o tema antes da prova, muitos professores garantem que o mais importante é treinar bem a estrutura da prova, composta por introdução, desenvolvimento ou argumentação e conclusão.

Saiba também que o tema da redação dificilmente será um assunto totalmente inesperado, já que a proposta é abordar problemas que atingem a sociedade em geral. O Enem também não costuma abordar temas polêmicos e ainda em discussão.

Confira alguns temas atuais e possíveis de serem abordados no Enem:

Envelhecimento da população brasileira
De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o percentual de idosos (maiores de 65 anos) passará de 9,2% em 2018 para 25,5% em 2060. Com a população brasileira envelhecendo cada vez mais, temas como expectativa de vida, direito dos idosos, qualidade de vida bem-estar na terceira idade e aposentadoria podem ser abordados no Enem. Na prova cancelada de 2009, devido o vazamento, o tema da redação era “Valorização do idoso”.

Comportamento no mundo digital
Segundo o IBGE, quase 95% dos brasileiros usam aplicativos e redes sociais para trocar mensagens. O acesso cada vez maior ao mundo digital traz uma série de benefícios e problemas à sociedade. Um dos assuntos que podem ser discutidos são os riscos de invasão à privacidade, a propagação de fake news, o cyberbullying e a dependência dos aparelhos digitais.

Inclusão de pessoas com deficiência
Em 2017, a prova trouxe o tema “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”. Sendo um tema tão relevante, o Enem pode abordar a inclusão de pessoas com deficiência na educação novamente, mas com o enfoque em pessoas cegas, autistas, com Síndrome de Down ou com deficiências físicas e mentais, por exemplo.

Promoção da saúde mental
Em 2016, o Brasil registrou 1 caso de suicídio a cada 46 minutos, segundo o Ministério da Saúde. O país também é um dos com a maior taxa de transtorno de ansiedade, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Dessa forma, o Enem pode tratar sobre medidas de promoção da saúde mental e os impactos dessas doenças na sociedade.

Desastres ambientais
Os rompimentos das barragens de Mariana e Brumadinho em 2015 e 2019, respectivamente, foram desastres que trouxeram consequências ambientais irreversíveis, além de terem vitimado a vida de centenas de pessoas. A redação pode questionar sobre políticas de prevenção de desastres ambientais e como equilibrar o crescimento econômico com a conservação dos recursos naturais.

Vacinação e volta de doenças erradicadas
Em 2019, a resistência à vacinação entrou na lista de dez ameaças à saúde global da OMS. A falta de acesso e a resistência do chamado “movimento antivacinação” preocupa as autoridades, pois propicia o volta de doenças já considerada erradicadas no passado, como o sarampo. O Enem refletir sobre medidas para reverter essa situação e ampliar o acesso à vacinação.

Mobilidade urbana
Segundo uma pesquisa do Instituto de Pesquisa e Economia Aplicada (Ipea), a frota de veículos brasileiros deve dobrar até 2025. Com o volume de veículos que já existe hoje, muitas cidades grandes convivem com engarrafamentos diários, como São Paulo, o que impacta diretamente na qualidade de vida das pessoas. O Enem pode cobrar soluções para melhorar a mobilidade urbana, como investimento no transporte público e alternativo.

Alguns outros temas também podem aparecer na proposta de redação do Enem, veja:

  • Impactos das fake news na sociedade brasileira;
  • Crise migratória no Brasil e no mundo;
  • Inclusão digital no Brasil;
  • Maus tratos e abandono de animais;
  • Redução da maioridade penal.

Onde estudar com a nota no Enem

Com a nota do Enem, é possível ingressar em universidades públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e particulares, pelo Programa Universidade para Todos (Prouni) ou Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Mesmo que você não consiga uma boa nota no Enem, ainda sim é possível entrar na faculdade com bolsa e descontos, sabia? Muitas universidades particulares oferecem bolsa de estudos e descontos na mensalidade com ou sem a nota do Enem e sem burocracia. Confira abaixo algumas faculdades reconhecidas pelo MEC que oferecem boas condições aos ingressantes:

Leia também:
Descubra como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

E você? Já tem sua aposta de tema para a próxima redação do Enem? Compartilha com a gente nos comentários!