A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) adotou ao Sistema de Seleção Unificada (SiSU) como método de seleção dos alunos. O programa será utilizado para preenchimentos das vagas no segundo semestre da faculdade. O SiSU utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para selecionar os estudantes. A universidade irá utilizar o programa já neste ano.

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da Ufes aprovou a adesão ao SiSU por unanimidade. O programa será utilizado para seleção de alunos no vestibular de inverno, o processo seletivo do primeiro semestre continuará utilizando a nota ENEM na primeira etapa e uma prova discursiva, para os aprovados, na segunda etapa. As vagas preenchidas pelo SiSU serão abertas para os cursos de Ciências da Computação, Engenharia Industrial Madeireira, Agronomia, Sistema de Informação, Ciências Biológicas, Física, Farmácia, Química e Matemática. As vagas são dos campi de São Mateus e Alegre.

Já a Universidade Estadual do Oeste do Pará (Unioeste) preencherá metade de suas vagas através do SiSU. A outra metade será preenchida pelo vestibular tradicional. A faculdade é a primeira instituição de ensino superior do estado do Pará a aderir ao programa. A decisão foi proposta pelo Conselho Pedagógico da instituição e foi aprovada pelo Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (CEPE) em uma reunião extraordinária.

Para o reitor da faculdade, Wolff, a adesão parcial ao programa irá permitir um estudo no impacto desta decisão na Unioeste, possibilitando ajustes nos próximos processos seletivos. O vestibular da universidade também sofrerá alterações. Antes feito em duas fases, a partir de 2014 será composto em uma única etapa. As questões da prova de conhecimentos específicos passarão a ter pesos diferentes para cada curso.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você!]