A Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) e a Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) adotarão como forma de ingresso o Sistema de Seleção Unificada (SISU) do Ministério da Educação (MEC) a partir do vestibular de 2014. A UFSJ acabará com o vestibular tradicional já na próxima seleção, que será realizada no meio deste ano.  Esta decisão foi aprovada por unanimidade pelo Conselho Universitário (Consu) da instituição. Com isso, não serão aplicadas mais as provas e 100% das vagas ofertadas serão preenchidas pelo SISU, que utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Já a UFTM ainda irá realizar o Vestibular de Inverno 2013 antes de aderir integralmente ao SISU. Na reunião foram 26 votos pela adesão plena, três votos pela adesão parcial e uma abstenção. Até o vestibular de 2013 o ENEM não era obrigatório. A prova do MEC poderia representar 50% da pontuação da primeira fase do vestibular, caso beneficiasse o candidato. O processo seletivo da faculdade era disputado em duas etapas, a primeira com prova de múltipla escolha de conhecimentos gerais e a segunda, discursiva de conhecimentos específicos mais a redação. Quanto ao sistema de reservas de cotas, 23 conselheiros votaram pela adesão plena de percentual de 50% previsto na lei, 6 optaram pela fragmentação de 12,5% ao ano até 2016 e um se absteve.

A UFSJ desde 2010 já disponibilizava 10% de suas vagas pelo SISU. Além disso, o conselho da faculdade aprovou também o fim gradativo do Programa de Acesso Seriada (PAS), apesar deste sistema ter começado no ano passado, onde são destinadas 20% das vagas para os alunos desta modalidade. No Processo Seletivo 2013/1 o ENEM foi utilizado, pela primeira vez, como primeira fase. A oferta foi de 2.065 vagas em 42 cursos presenciais e um a distância, sendo metade já reservada para o sistema de cotas.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você!]