Saiba como funcionam as vagas remanescentes do Sisu 2019

Sisu — Escrito por

Hoje, o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) é uma das principais maneiras de se realizar o sonho de estudar numa universidade pública, seja federal ou estadual.

A seleção do programa acontece a cada seis meses e usa como base a nota da última avaliação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Com isso, o candidato pode entrar na disputa de vários cursos de bacharelado, licenciatura ou curso tecnológico.

É importante destacar que, mesmo sendo uma alternativa para quem não conseguiu entrar na universidade por meio do vestibular, não existe a garantia de que através do Sisu será possível, pois a concorrência também é grande.

Mas sem desespero! Caso não dê certo pelo processo seletivo regular, ainda existe a chance de disputar vagas remanescentes. Como isso funciona? A gente te explica!

As vagas remanescente do Sisu são vagas que não foram ocupadas no processo seletivo normal, permanecendo disponíveis depois de todos os alunos classificados que tinham interesse na instituição terem feito a matrícula. Após isso, o MEC (Ministério da Educação) disponibiliza a lista de espera e libera o acesso para que o candidato não aprovado se inscreva.

É necessário ficar atento ao cronograma oficial, pois são somente seis dias de inscrição. O Sisu não divulga os nomes dos convocados na lista de vagas remanescentes. Para saber se foi contemplado, o aluno deve entrar em contato com a própria instituição na qual se candidatou.

Como concorrer às vagas remanescentes do Sisu 2019

Estamos quase na metade do ano mas você ainda pode concorrer às vagas remanescentes do Sisu de 2019. Assim que sair o resultado da chamada regular, que será no dia 18 de junho, o Sisu vai abrir as inscrições para a lista de espera.

O prazo das inscrições para a lista das vagas remanescentes será de 22 a 27 de junho de 2019. O candidato deve entrar no site do Sisu com seu login e senha e confirmar interesse na lista de espera. Nesse tipo processo, o estudante concorre somente ao curso da primeira escolha da inscrição.

A seguir, o passo a passo para se inscrever na lista de espera das vagas remanescentes do Sisu 2019:

  • Vá até o site oficial do Sisu (sisu.mec.gov.br).
  • Entre com seus dados do Enem, número de inscrição e senha.
  • Procure pelo boletim de desempenho.
  • Clique no botão de confirmação, informando, em seguida, que deseja entrar para a lista de espera.
  • Aguarde a inscrição ser confirmada.
  • Siga acompanhando o processo para conseguir a vaga e fazer a matrícula.

Algumas universidades que participam do programa podem exigir uma nota mínima do Enem para os cursos mais concorridos. Para se inscrever na lista não existe um limite de renda ou idade, e quem é bolsista do ProUni (Programa Universidade para Todos) também pode se candidatar.

Mas, caso seja selecionado, o aluno deve escolher entre Sisu ou ProUni, pois não é possível cursar faculdade pelos dois programas. Além disso, qualquer candidato que fez o Enem em 2018 e conseguiu nota maior do que zero na redação pode entrar na lista de espera.

Processo seletivo regular do Sisu 2019

No caso do processo regular, os candidatos ainda podem ser classificados pela nota de corte do Sisu.

Essa nota de corte é a menor nota exigida para que o candidato seja selecionado para a vaga escolhida. É calculada automaticamente, baseada no número de vagas do curso e no número de candidatos para aquela vaga.

É natural que, quanto maior for o número de candidatos para a mesma vaga, maior será a nota de corte.

Outro critério de classificação no processo seletivo regular do Sisu são as cotas. Têm direito às cotas candidatos que estudaram o ensino médio em escola pública ou em escola particular com bolsa integral, além de negros, indígenas ou pardos.

Sendo pelo processo regular ou pelas vagas remanescentes, o Sisu oferece ao estudante uma oportunidade de entrar numa universidade pública com as notas do Enem.

Pelo Sisu, a chance de conseguir a vaga é grande, mesmo com a concorrência. Depois de contemplado, o aluno tem um prazo para fazer a matrícula e é muito importante ficar ligado nessas datas, pois, se o candidato esquecer o prazo, perde a vaga para outra pessoa.

Vestibular e Enem

É bom lembrar que além do Sisu o candidato também tem à sua disposição outras alternativas para entrar na universidade, como o bom e velho vestibular, por exemplo. Muito antes de Enem, Sisu e Prouni, o vestibular era o caminho para fazer um curso superior, tanto nas faculdades particulares como públicas.

Outra forma de ingresso é o Enem. Pode ser uma boa opção pois, dependendo da nota, você entra direto na faculdade sem passar por outro processo seletivo. O que que deve ser verificado são as vagas do curso escolhido. Isso muda a cada instituição, que definem as próprias regras de nota mínima e número de vagas.

Veja abaixo algumas instituições que você pode entrar por meio do vestibular ou Enem:

E aí, entendeu como funcionam as vagas remanescentes do Sisu 2019? Vai concorrer às vagas remanescentes ou se garantir no processo seletivo regular? Talvez você prefira fazer o vestibular ou tentar o Enem. Seja qual for sua escolha, conte para nós nos comentários!

Veja também:

Descubra tudo sobre o Sisu do segundo semestre

Saiba como entrar na faculdade pelo Enem

Comente