Por: Istoé

A lista a seguir traz as 50 principais tarefas a serem realizadas nos seis meses que antecedem o exame. A comemoração fica a seu critério.

Seis meses antes

1) Escolha a carreira na qual pretende investir. Descubra quais faculdades oferecem o curso desejado e em quais gostaria de estudar;
2) Visite as faculdades para confirmar o interesse e saiba como é seuprocesso de seleção;
3) Inscreva-se em um cursinho para organizar melhor a revisão epreencher as lacunas. Se não o fizer, verifique o conteúdo exigido e estabeleça uma metodologia de estudos;
4) Crie um ambiente de estudos no qual a intensidade de luz esteja apropriada e não haja interrupções. Use sempre o mesmo local paranão estranhar novos ambientes e ruídos; 5) Resolva as provas dos anos anteriores e faça simulados a cada 15 dias;
6) Acompanhe as notícias nos jornais e na tevê. Atualidades costumam ser tema de redação e somam pontos nas questões discursivas de história e geografia;
7) Reserve horários de lazer, mas seja criterioso em relação aos excessos;
8) Mantenha uma atividade física constante e faça alongamentos para aliviar a tensão;
9) Faça o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que conta pontos para a maioria das faculdades. As inscrições vão até 2 de junho e a prova será em 27 de agosto;
10) Providencie uma cédula de identidade com foto e assinatura atuais;

Um mês antes

11) Inscreva-se nos vestibulares e tome cuidado para que as datas não coincidam;
12) Verifique se todos os livros de leitura obrigatória foram lidos. Algumas faculdades pedem filmes também. É hora de rememorá-los checando os resumos;
13) Você precisa escolher a melhor estratégia para computar o maior número de pontos: aprofundar-se nas matérias sobre as quais há maior domínio ou treinar os pontos fracos;
14) Invista nas revisões. Não há mais tempo para buscar conteúdo novo;
15) Valorize o que você conhece e não se apavore com os tópicos menos claros. Ninguém domina todos os assuntos;
16) Chega de simulados. Testar o próprio desempenho a essa altura pode aumentar o stress;
17) Não se deixe contaminar pela ansiedade dos seus pais;
18) Incorpore uma rotina com relaxamentos diários de dez minutos e caminhadas de meia hora três vezes por semana;
19) Cuide para que sua alimentação seja rica em vitaminas. Abuse dos legumes e das frutas;
20) Na reta final, não acelere o ritmo de estudos nem altere o regime de sono;

Uma semana antes

21) Fique atento ao local da prova, planeje como chegar lá e o que levará para o lanche;
22) Feche os livros. Aliás, tranque-os e esconda as chaves para evitar recaídas;
23) Condicione o cérebro a criar imagens de sucesso. Isso se chama visualização positiva e deve ser acompanhada por momentos de relaxamento;
24) Faça exercícios de respiração profunda cinco vezes ao dia. Inspire contando até cinco, segure o ar por um segundo e expire lentamente, contando até dez;
25) Hora de poupar energias para a prova. Durma bem e procure ficar
em casa à noite;
26) Evite acidentes. Não se meta em esportes radicais e fuja de situações de risco;
27) Fique longe de bebidas alcoólicas e outras substâncias que alterem o desempenho mental;
28) Não coma fora de casa nem coma alimentos com os quais não esteja acostumado;

Véspera

29) Visite o local da prova para não ser surpreendido pelo trânsito e preste atenção ao portão de entrada. Confira se seu nome está na lista fixada ali;
30) Separe todo o material que deverá ser levado ao exame. Se usar lápis, não esqueça o apontador. Se preferir lapiseira, leve grafite extra;
31) Decida também o lanche que levará e separe uma garrafa de água mineral. Chocolate deve ser evitado por ser de difícil digestão. Prefira frutas e bolachas;
32) Vá ao cinema, encontre amigos ou namorado, mas esteja em casa antes das 20 h;
33) Durma pelo menos oito horas.

No dia D

34) Acorde pelo menos quatro horas antes do exame;
35) Alimente-se com algo leve e nutritivo.
36) Café ou Coca-Cola são recomendáveis para dar ânimo e agilidade, mas não tome nenhum tranqüilizante nem medicamento que possa provocar sono;
37) Não brigue nem discuta com ninguém antes de sair de casa. Desentendimentos podem deixá-lo preocupado ou ressentido no momento errado;
38) Saia cedo e programe-se para chegar ao local da prova com uma hora de antecedência;
39) Se achar que o nervosismo de outros estudantes poderá influenciá-lo negativamente, mantenha-se solitário e em silêncio nos momentos que precedem o exame;
40) Pense em mensagens apaziguadoras como “essa é uma barreira que eu conseguirei transpor” e “se não for dessa vez, haverá outras oportunidades”;
41) Antes de começar a prova, leia as instruções com cuidado e respire dez vezes lentamente;
42) Comece pela disciplina que você mais domina para ganhar confiança;
43) Leia atentamente cada pergunta. Algumas respostas estão camufladas no próprio enunciado.
44) A resolução das questões deve seguir a lógica do pega-varetas: primeiro, retire da frente as óbvias. Em seguida, resolva as que, embora com tema conhecido, exigem técnica e reflexão. Deixe para o fim as questões em relação às quais você está por fora;
45) Chute o que for necessário, usando o bom senso;
46) Faça pausas para se alongar e controlar a respiração. Quebrar o ritmo é importante para afastar o “branco”. Vale deixar um lápis cair só para poder apanhá-lo;
47) Não fique irritado se houver barulho na rua ou na vizinhança. Esteja preparado para isso e tente abstrair a confusão;
48) Reserve tempo para preencher o gabarito com calma;
49) Vá para casa e confira as respostas divulgadas nos sites dos cursinhos uma hora após o término da prova. Qualquer que seja o resultado, é melhor saber logo;
50) Use seu desempenho para corrigir os pontos fracos antes do vestibular seguinte. Se ficar satisfeito, comemore. Precisa de dicas?